Gestão do Conhecimento : Dicas de Livros

10  mandamentos para fracassar nos negócios

10 mandamentos para fracassar nos negócios

Donald R. Keough

Ed. Sextante

Neste livro, Don Keough, ex-presidente da Coca-Cola Company, descreve os 10 comportamentos que costumam levar empresas e líderes incautos a cair nas garras da falência. Além disso, mostra como reconhecer essas armadilhas e o que fazer para evitá-las - ou escapar delas. Keough ilustra suas ideias com fatos históricos e exemplos extraídos dos seus mais de 60 anos de experiência profissional. Entre esses episódios estão alguns deslizes que ele mesmo protagonizou ao longo da sua carreira de 30 anos na Coca-Cola.

5 lições de storytelling: fatos, ficção e fantasia

5 lições de storytelling: fatos, ficção e fantasia

James McSill

Ed. DVS

5 Lições de Storytelling assemelha-se a uma conversa íntima. Não se assuste com a forma que James joga a narrativa e manipula as nossas emoções. Há um propósito por trás disso- ensinar. James nos desliga deste mundo para nos ligar num mundo em que nos leva a entender como funcionam as estórias e como podemos melhor utilizá-las na gestão de empresa, na construção de uma peça de entretenimento e, sobretudo, na vida.

6Ds: as seis disciplinas que transformam educação em resultados para o negócio

6Ds: as seis disciplinas que transformam educação em resultados para o negócio

Calhoun Wick, Roy Pollock e Andrew Jefferson

Ed. Évora

Este livro mostra como líderes e profissionais de recursos humanos e desenvolvimento organizacional podem aumentar a contribuição para o sucesso de suas empresas, a partir de recomendações práticas, além de exemplos que mostram como conceber, transmitir e registrar experiências de aprendizagem capazes de promover melhoras em liderança, gestão, vendas, atendimento ao cliente e marketing.

A arte da guerra: edição visual

A arte da guerra: edição visual

Jessica Hagy

Ed. Harper Collins

Perfeito encontro entre duas grandes mentes. A primeira, Sun Tzu, o grande general chinês cujas lições sobre estratégia orientaram militares, executivos e líderes através dos séculos. A segunda, Jessica Hagy, uma pensadora visual cujos diagramas e gráficos fáceis de entender oferecem uma nova maneira de compreender os desafios e as oportunidades da vida. A arte da guerra – Edição visual dá vida a um texto clássico, tornando-o acessível a uma nova geração de estudantes, professores, empreendedores, executivos, artistas, curiosos e apreciadores da teoria dos jogos. As mais de 200 ilustrações são incrivelmente dinâmicas, muitas vezes engraçadas, e sempre provocadoras. Não se trata somente de embelezar uma obra-prima, mas reimaginá-la à luz da Era da Informação.

A arte de imitar: 6 passos para inovar em seus negócios copiando as ideias dos outros

A arte de imitar: 6 passos para inovar em seus negócios copiando as ideias dos outros

David Kord Murray

Ed. Campus

"A arte de imitar" procura mostrar que a criatividade não resulta de uma intervenção divina - ela é algo que pode ser aprendido e está ao alcance de qualquer pessoa dedicada. O autor pega como alguns exemplos pensadores tais como Charles Darwin, George Lucas, Steve Jobs e Stephen King, que se inspiraram em ideias já existentes para criar novas obras.

A ciência da fábrica para gestores: como os líderes melhoram o desempenho em um mundo pós-lean Six Sigma

A ciência da fábrica para gestores: como os líderes melhoram o desempenho em um mundo pós-lean Six Sigma

Edward S. Pound et alii

Ed. Bookman

A Ciência da Fábrica para Gestores analisa sem rodeios a ciência por trás da gestão de operações. Escrito pelos especialistas de A Ciência da Fábrica (Factory Physics), este guia examina e vai além de outras abordagens, como Produção Enxuta, Seis Sigma e Teoria das Restrições, oferecendo um plano que pode ser aplicado em qualquer indústria de manufatura ou cadeia de suprimentos. Conheça as ferramentas para desenvolver uma estratégia operacional e orientar sua execução, avaliar seus procedimentos, restringir seus problemas e encontrar soluções. Aprenda com as melhores (e piores) práticas de líderes como Toyota e Boeing. Saiba como aprimorar a sua liderança. Com A Ciência da Fábrica para Gestores, você poderá enfrentar os conflitos naturais dos negócios e aumentar a produtividade — e os lucros.

A cultura da participação: criatividade e generosidade no mundo conectado

A cultura da participação: criatividade e generosidade no mundo conectado

Clay Shirky

Ed. Zahar

Este livro tentar abordar o recurso que surgiu quando o tempo livre cumulativo mundial pôde ser considerado como um todo. As duas transições que permitem acessar esse recurso já aconteceram - a criação de mais de 1 trilhão de horas de tempo livre por ano na parte instruída da população mundial, e a invenção e a disseminação da mídia pública, que permite que cidadãos comuns, antes deixados de fora, usem esse tempo livre na busca de atividades das quais gostam ou com as quais se importam. Esses dois fatos são comuns a todos os casos na obra, do trabalho humanitário como o "Ushahidi" a meras brincadeiras como os "lolcats". Segundo a autora, compreender essas duas mudanças, diferentes do panorama da mídia do século XX, é o começo da compreensão do que está acontecendo no começo do século XXI e do que será possível amanhã.

A dieta da informação: uma defesa do consumo consciente

A dieta da informação: uma defesa do consumo consciente

Clay A. Johnson

Ed. Oreilly/Novatec

O ser humano moderno gasta mais de 11 horas a cada 24 em consumo constante. Não apenas se alimentando, mas devorando informações continuamente expelidas pelos eletrônicos de que tanto gostamos. Assim como podemos nos tornar morbidamente obesos de tanto ingerir açúcar, gordura e farinha, também nos transformamos em glutões de textos, mensagens instantâneas, e-mails, feeds RSS, downloads, vídeos, atualizações e tuítes. Estamos enfrentando uma tempestade de distrações, sendo bombardeados por notificações ininterruptas e tentados por pequenas doses de informações apetitosas. Da mesma forma que o excesso de alimentos pouco saudáveis pode resultar na obesidade, muita informação sem conteúdo pode facilmente nos tornar ignorantes. Este livro ensina a prosperar nesse contexto — o que procurar, o que evitar e como ser seletivo. Nele, Johnson explica o papel da informação na história humana e por que sua dieta é essencial a todos que desejam ser inteligentes, produtivos e sadios. No livro A Dieta da Informação, você: Descobrirá por que estudiosos renomados estão preocupados com nosso estado de atenção e nossa inteligência geral; Analisará de que modo a mídia atual — a grande mídia — nos oferece exatamente o que desejamos: conteúdo que apenas confirma nossas crenças; Aprenderá a tomar medidas para desenvolver sua alfabetização de dados, sua capacidade de atenção e um senso de humor saudável; Verá como se envolver na economia da informação, aprendendo a recompensar bons provedores de informação; Da mesma forma que uma dieta alimentar normal e saudável, este livro não pretende que você consuma menos, mas que encontre um equilíbrio sadio.
Vídeo do livro: http://www.youtube.com.
Entrevista com o autor na CNN: http://reliablesources.blogs.cnn.com.

A empresa cocriativa: por que envolver stakeholders no processo de criação de valor gera mais benefícios para todos

A empresa cocriativa: por que envolver stakeholders no processo de criação de valor gera mais benefícios para todos

Venkat Ramaswamy e Francis Gouillart

Ed. Campus

Inovador e provocativo, este livro explora o papel crítico dos stakeholders na geração de valor. Venkat Ramaswamy (um dos criadores do termo “cocriação” com C.K. Prahalad) e Francis Gouillart — pioneiros em ajudar empresas a desenvolver práticas cocriativas — mostram como cada organização, seja ela pequena, grande, não governamental ou governamental, pode atingir excelentes resultados com o método cocriativo, a partir do qual é possível gerar benefícios a todos igualmente. Com base em uma extraordinária pesquisa, é ricamente ilustrado com detalhados exemplos de empresas como Cisco, GlaxoSmithKline, Amazon e Apple.

A era da empatia: Lições da natureza para uma sociedade mais gentil

A era da empatia: Lições da natureza para uma sociedade mais gentil

Frans de Waal

Ed. Companhia das Letras

Em "A Era da Empatia", Frans de Waal pretende mostrar como diversos animais, incluindo os seres humanos, foram dotados pela evolução da capacidade de se colocar no lugar do próximo, de se apiedar da dor do vizinho e, em certos casos até de salvar-lhe a vida, colocando a própria em risco. Esse "instinto da compaixão" se choca com a visão tradicional do "gene egoísta", segundo a qual os animais são programados apenas para satisfazer seus próprios interesses. Tomando por base estudos com macacos-prego e chimpanzés, De Waal tem por objetivo apresentar que o "gene egoísta" não se traduz em indivíduos ou sociedades egoístas. Ao contrário, parece haver, ao longo da evolução, uma tendência à empatia estabelecida há centenas de milhões de anos. Ao se colocar no lugar dos outros, os animais sociais ajudam a construir grupos mais coesos - o que, por sua vez, auxilia sua sobrevivência. De Waal nos mostra camundongos piedosos, macacos socialistas, cachorros invejosos e chimpanzés que coçam as costas dos outros sem receberem nada em troca.

A essência da estratégia

A essência da estratégia

Karen McCreadie, Tim Phillips e Steve Shipside

Ed. Campus

A essência da estratégia reúne algumas das mais importantes ideias sobre o sucesso nos negócios a partir de três livros clássicos: A arte da guerra, de Sun Tzu, O Príncipe, de Nicolau Maquiavel e Ajude-se, de Samuel Smiles. Três livros muito diferentes, escritos com séculos de distância entre eles, têm se revelado fontes altamente valiosas de ideias para pessoas ambiciosas que atuam no mundo dos negócios. A arte da guerra há muito tempo é o favorito entre os que desejam obter vantagens em reuniões. Embora seja um autor astuto e perceptivo, Sun Tzu empenha-se em enfatizar que, para um líder, é muito importante manter virtudes essenciais. O mesmo já não acontece com Nicolau Maquiavel. Seu O príncipe propunha táticas tão notoriamente ardilosas (e absolutamente vis), que até pessoas que nunca leram o livro compreendem as implicações do termo “maquiavélico”. Ajude-se, de Samuel Smiles, é menos conhecido como clássico da área de negócios, mas também tem algumas percepções úteis para qualquer empreendedor interessado em chegar ao topo. este livro traz interpretações dessas influentes obras usando-se estudos de caso do século XXI e exemplos modernos de negócios. Os capítulos incluem dicas práticas e citações inspiradoras, seguramente ajudarão o leitor a fazer de sua carreira um sucesso e superar a concorrência. A essência da estratégia é uma interpretação moderna das ideias essenciais desses clássicos. A intenção não é substituí-los, mas ilustrar a natureza atemporal de suas percepções, dando-lhes vida com exemplos contemporâneos.

A estante do administrador: uma coletânea de leituras obrigatórias

A estante do administrador: uma coletânea de leituras obrigatórias

Jon L. Pierce e John W. Newstrom

Ed. Bookman

A obra reúne resumos de 45 livros de sucesso na área da administração, expressando as mais diversas idéias e teorias. O livro traz temas como - Organizações de alto desempenho; Visão, metas e estratégias organizacionais; Motivação; Autonomia e participação; Equipes e trabalho em equipe; Liderança; Administração da diversidade; Mudança e renovação organizacionais; Aprendizado organizacional; Organizações voltadas ao conhecimento; Administração ética; Dimensões globais; Administração da eficácia pessoal.

A experiência Zappos: 5 princípios de administração que transformaram uma ideia simples em um negócio milionário

A experiência Zappos: 5 princípios de administração que transformaram uma ideia simples em um negócio milionário

Joseph A. Michelli

Ed. Bookman

Sumário - Zappos? O que é Zappos?; Procure o tamanho certo - É tudo uma questão de cultura; Cultura deveria ser um verbo; Faça rápido e sem esforço - Menos esforço, mais clientes; Bem-vindo ao grande baile do serviço - Velocidade, conhecimento, recuperação e surpresa; Entre no pessoal - Mais do que uma carteira ambulante; Conexões em todos os níveis; Espalhe - A universidade Zappos; Muito além dos sapatos; Jogue para ganhar - Divirta-se; Morrendo de rir; Finais, começos e você; Notas; Compartilhar os melhores telefonemas; Trechos do livro que mostram a cultura Zappos.

A filosofia nos negócios: como as ciências humanas podem resolver os problemas mais complexos da gestão

A filosofia nos negócios: como as ciências humanas podem resolver os problemas mais complexos da gestão

Christian Madsbjerg e Mikkel Rasmussen

Ed. Campus

Esta obra apresenta uma nova metodologia - o sensemaking -, um modo fundamentalmente diferente de refletir sobre estratégia e que já vem sendo aplicada em empresas da Fortune 100 em todo mundo. Por meio de interessantes estudos de caso e com base nas experiências que tiveram diretamente com corporações como Lego, Samsung, Adidas, Coloplast e Intel, Madsbjerg e Rasmussen mostrarão como lidar com as mais diversas questões - por exemplo, definir o direcionamento da empresa, impulsionar o crescimento, aprimorar os modelos de vendas, entender a verdadeira cultura da organização e descobrir maneiras de ingressar em novos mercados. Os executivos sempre dizem o mesmo depois que entram em um processo de sensemaking - "Ah, agora entendi..." Essa experiência - o momento de clareza - pode definir o rumo de toda a estratégia de uma empresa. Será que não chegou a hora de você e sua organização começarem a entender as pessoas?

A força da cultura organizacional nas empresas globais

A força da cultura organizacional nas empresas globais

Daniel Denison et alii

Ed. Campus

O que acontece quando os líderes tentam transformar a cultura de suas organizações? Quais abordagens têm mais chances de obter sucesso? Que caminho terá maior impacto sobre o desempenho do negócio? "A força da cultura organizacional nas empresas globais" procura oferecer uma visão prática das abordagens que um conjunto de empresas bem-sucedidas têm utilizado para implementar a mudança cultural dentro de suas organizações. Nesta obra, os autores buscam resumir mais de vinte anos monitorando transformações da cultura em sete diferentes organizações globais para ilustrar o conjunto de dinâmicas que as empresas precisam gerenciar a fim de se manterem competitivas - apoiar a linha de frente, criar alinhamento estratégico, criar uma cultura a partir de muitas, exportar a mudança de cultura e construir um mercado global em um mercado emergente. Esse recurso resume as ideias de cada uma das empresas estudadas (GE Healthcare, Vale, Domino´s, Swiss Re, DeutscheTech, Polar Bank e GT Automotive) como um meio para ilustrar essas dinâmicas de mudança de cultura.

A googlelização de tudo (e por que devemos nos preocupar): a ameaça do controle total da informação por meio da maior e mais bem-sucedida empresa do mundo virtual

A googlelização de tudo (e por que devemos nos preocupar): a ameaça do controle total da informação por meio da maior e mais bem-sucedida empresa do mundo virtual

Siva Vaidhyanathan

Ed. Cultrix

A obra examina o modo a que o site de pesquisa da Google é utilizado e a progressiva resistência à sua expansão em todo o planeta. Expõe o lado considerado obscuro das fantasias sobre o Google, alertando sobre questões como a propriedade intelectual e o conceituado Google Books. O autor examina o impacto global exercido pelo Google, particularmente na China, e explica o insidioso efeito da "googlelização" sobre o pensamento. Propõe também a criação de um ecossistema de informação global destinado a beneficiar o mundo inteiro.

A informação: uma história, uma teoria, uma enxurrada

A informação: uma história, uma teoria, uma enxurrada

James Gleick

Ed. Cia. das Letras

O que é a informação? Neste trabalho, o jornalista James Gleick traça uma história desse fenômeno, com seus infinitos desdobramentos e peculiaridades. Partindo da comunicação por tambores na África, ele passa pela criação dos alfabetos e dos dicionários, por invenções como o telégrafo e o telefone e pelos primeiros computadores, até desembocar na chamada Teoria da Informação e em estudos recentes de genética e na já onipresente Wikipedia. A informação não é um livro apenas sobre ideias, mas também sobre pessoas. Ao condensar séculos de estudos e análises a respeito do tema, Gleick vai falar daqueles que estiveram na linha de frente dessa revolução científica. Claude Shannon, Bertrand Russell, Alan Turing, Kurt Gödel e Richard Dawkins - cujo conceito de meme foi apropriado pelas novas gerações - são alguns dos personagens que aparecem, às vezes em -confronto direto, nestas páginas. Num mundo afogado pela informação, Gleick realiza o duplo trabalho de arqueólogo e pensador. Seguindo fios soltos e pistas, alguns lançados milênios atrás, ele conecta ideias e expande horizontes, traçando relações às vezes tão evidentes quanto fugidias. Um estudo fundamental para uma era cada vez mais conectada e cada vez mais distante de si

A intrigante ciência das ideias que dão certo: a mágica dos ambientes inovadores

A intrigante ciência das ideias que dão certo: a mágica dos ambientes inovadores

Clemente Nóbrega

Ed. Alta Books

Criatividade inovadora é um processo que acontece a partir do Big Bang, há 13,7 bilhões de anos. Suas regras são as mesmas desde sempre e sua dinâmica pode ser bem entendida. Neste livro, Clemente Nobrega descreve tal dinâmica, mostrando como as ciências — a Física, em particular — podem nos ajudar a construir inovação em empresas por meio não só de insights reveladores, mas de ferramentas práticas que definem a verdadeira engenharia da inovação. Com linguagem simples e acessível, o autor usa conceitos da Física, Biologia, Antropologia e Ciências Sociais para mostrar como ideias e conceitos da ciência podem ser empregados no mundo das organizações para gerar ideias que dão certo. A nova Ciência da Complexidade fornece o eixo que unifica e dá forma aos conceitos apresentados. No decorrer deste livro instigante e extremamente original, o autor destrói alguns mitos, como o do inovador genial — que opera sozinho e cria a partir de lampejos criativos — mostrando como ambientes inovadores são a verdadeira fonte de riqueza; revela e explica a lógica que impede as empresas de se eternizarem e também mostra como elas podem se transmutar para aumentar sua duração no mundo. A viagem termina demonstrando por que liderança é, de todas, a mais relevante função gerencial, decisiva para que a inovação se instaure, fato que decorre de uma lei da Física, por mais estranho pareça.

A lógica do cisne negro: o impacto do altamente improvável

A lógica do cisne negro: o impacto do altamente improvável

Nassim Nicholas Taleb

Ed. Best-Seller

O que o sucesso do Google e o 11 de Setembro têm em comum, segundo Nassim Nicholas Taleb? Os dois são exemplos claros de um cisne negro - um evento imprevisível, impactante e que é a base de quase tudo sobre o mundo, da ascensão das religiões à vida pessoal. Em "A lógica do cisne negro", o autor retoma temas como sorte, incerteza, probabilidade e conhecimento. Nesta obra, o leitor aprenderá a tirar proveito de cisnes negros e ter outra visão de mundo.

A linguagem corporal no trabalho: como causar uma boa impressão e se destacar na carreira

A linguagem corporal no trabalho: como causar uma boa impressão e se destacar na carreira

Allan Pease e Barbara Pease

Ed. Sextante

As pessoas costumam ir para o trabalho todos os dias sem se dar conta da importância de sua linguagem corporal. No entanto, a capacidade de ler as mensagens não verbais dos seus colegas, chefes e parceiros de negócios - e usá-las a seu favor - é uma peça-chave para o sucesso. Em "A linguagem corporal no trabalho", os autores buscam ensinar o valor de um bom aperto de mão, a importância de olhar nos olhos do seu interlocutor e como se vestir adequadamente para situações profissionais. Torne-se consciente de suas ações, desenvolvendo uma linguagem corporal positiva, sem parecer tímido nem agressivo. Além disso, temas como - Causar uma boa primeira impressão; Adotar uma postura confiante e segura; Sair-se bem em uma entrevista; Fazer uma apresentação perfeita; Tornar-se especialista em reuniões e videoconferências; Decifrar a linguagem corporal de profissionais de outras culturas.

A loja de tudo: Jeff Bezos e a era da Amazon

A loja de tudo: Jeff Bezos e a era da Amazon

Brad Stone

Ed. Intrínseca

A Amazon foi uma pioneira no comércio de livros pela internet e esteve à frente da primeira grande febre das pontocom. Mas Jeff Bezos, seu visionário criador, não se contentaria com uma livraria virtual descolada - ele queria que sua empresa dispusesse de uma seleção ilimitada de produtos a preços radicalmente baixos - e se tornasse "a loja de tudo". Com o objetivo de descortinar esse universo, o jornalista Brad Stone obteve acesso inédito a funcionários e executivos da Amazon, além de familiares e amigos de Bezos, e o resultado é um retrato detalhado da vida na gigante do comércio on-line que expõe um mundo de competitividade sem limites. Como outros precursores da tecnologia, entre eles Steve Jobs, Bill Gates e Mark Zuckerberg, Bezos não cede em sua incansável busca por novos mercados, transformando o varejo da mesma forma como Henry Ford revolucionou a indústria - com uma impiedade tamanha que só se iguala à sua vontade de oferecer a melhor experiência possível ao cliente. "A loja de tudo" é a biografia definitiva da startup que fez uma das primeiras e maiores apostas na internet e mudou para sempre a nossa forma de ler e de comprar. É um relato honesto sobre a empresa mais emblemática da nossa era, bem como um olhar profundamente pessoal sobre o icônico personagem que a criou.

A magia do design thinking: um kit de ferramentas para o crescimento rápido de sua empresa

A magia do design thinking: um kit de ferramentas para o crescimento rápido de sua empresa

Tim Ogilvie e Jeanne Liedtka

Ed. HSM

Se você é gestor, e todos somos em alguma medida, prepare-se para arregaçar as mangas em vez de jogar as mãos para o alto. Porque o design thinking é, na verdade, uma abordagem sistemática à solução de problemas. Começa pelos clientes e continua no sentido de criar um futuro melhor para eles, reconhecendo que, provavelmente, não vamos acertar da primeira vez. Mas o design não exige poderes sobrenaturais e é absolutamente seguro para ser testado em casa.

A magia do império Disney

A magia do império Disney

Ginha Nader

Ed. Senac-SP

Muitas empresas, assim como as pessoas de um modo geral, buscam o caminho da excelência pelas histórias de sucesso. Walt Disney, que criou um mundo de fantasia, é um caso de sucesso que aqui é contado em cinco temas emocionantes - a fascinante caminhada do homem Walter Elias Disney, a gestão empresarial de sua companhia, a empresa Walt Disney Company, os segredos de seu modelo de excelência e qualidade e, finalmente, a descrição completa dos parques do Walt Disney World Resort de Orlando, na Flórida.

A mais pura verdade sobre a desonestidade

A mais pura verdade sobre a desonestidade

Dan Ariely

Ed. Campus

Neste livro Dan Ariely é imperativo - todas as pessoas são desonestas. A questão, para ele, é que o comportamento tem duas grandes motivações - por um lado, se quer enxergar como pessoas honestas e honradas, por outro, tanto quanto possível, se quer atender aos interesses. Através dos resultados de suas pesquisas e de suas experiências pessoais, Ariely visa analisar atitudes antiéticas nas esferas pessoal, profissional e política, e mostrar como esses comportamentos afetam a todos, mesmo quando acreditam possuir altos padrões morais. Ele pretende encorajar o leitor a lançar um olhar mais honesto sobre as ações, mostrando que a desonestidade está em toda a parte e que esse é um comportamento muitas vezes irracional, porém inerente à condição humana. Além disso, identifica o que mantém os homens honestos, buscando apontar, ainda, o caminho para pequenas mudanças que sejam possíveis de serem feitas para que as pessoas sejam, em face de suas limitações, mais éticos.

A mentalidade do fundador: a chave para sua empresa enfrentar as crises e continuar crescendo

A mentalidade do fundador: a chave para sua empresa enfrentar as crises e continuar crescendo

Chris Zook e James Allen

Ed. Novo Século

Por que o crescimento rentável é tão difícil de alcançar e sustentar? A maioria dos executivos administra suas empresas como se a solução para esse problema residisse no ambiente externo: encontrar um mercado atraente, formular a estratégia certa, ganhar novos clientes, entregar produtos e serviços com eficácia. Mas quando se olha para essa questão com mais cuidado, nota-se que, quando as empresas não conseguem atingir suas metas de crescimento, em 90% dos casos as razões são internas: distanciamento da linha de frente, erosão da accountability, proliferação de processos ineficientes, pessoas pouco qualificadas e engajadas. Além disso, as empresas vivenciam um conjunto de crises internas previsíveis, em fases previsíveis, à medida que crescem. Mesmo para empresas saudáveis, essas crises, se não forem geridas de modo adequado, sufocam sua capacidade de crescer ainda mais e podem levar efetivamente ao declínio. A chave da pesquisa de Zook e Allen é que, para gerenciar esses pontos de estrangulamento, é preciso ter a “mentalidade do fundador”, um comportamento tipicamente incorporado por um arrojado e ambicioso fundador, a fim de restaurar a velocidade, o foco e a conexão com os clientes. Essa mentalidade é calcada em uma clara missão insurgente, uma inequívoca cabeça de dono e uma implacável obsessão com a qualificação e a eficácia da linha de frente. A partir de estudos ao longo de uma década analisando empresas em mais de quarenta países, o livro mostra a forte relação entre essas três características em empresas de todos os tipos, não apenas em startups, e sua capacidade de sustentar o desempenho. Com ricas análises e exemplos inspiradores, os autores sugerem um plano de ação para que qualquer líder, e não apenas os fundadores, possam vencer o caos do alto crescimento, restaurar a motivação quando o crescimento desacelera, salvar uma empresa em rápido declínio e incutir e fomentar uma mentalidade de fundador em toda a organização e encontrar um crescimento rentável duradouro.

A mente organizada: como pensar com clareza na era da sobrecarga de informação

A mente organizada: como pensar com clareza na era da sobrecarga de informação

Daniel J. Levitin

Ed. Objetiva

Poderia a boa e velha organização ser o segredo fundamental para se navegar no mar de informações do mundo moderno? Enquanto notícias, textos, contas e aplicativos invadem nosso cotidiano, espera-se que tomemos rapidamente decisões cada vez maiores. Em capítulos instigantes sobre temas que vão desde a gaveta bagunçada da cozinha até cuidados com a saúde, David Levitin apresenta avanços recentes nos estudos sobre o cérebro e mostra métodos que podemos aplicar no dia a dia para adquirir uma sensação de controle sobre a maneira como organizamos nossos lares, nossos ambientes de trabalho e nossas vidas.

A molécula da moralidade: as surpreendentes descobertas sobre a substância que desperta o melhor em nós

A molécula da moralidade: as surpreendentes descobertas sobre a substância que desperta o melhor em nós

Paul Zak

Ed. Campus

Neste livro o autor procura mostrar que uma molécula pode influenciar o comportamento de uma pessoa pela sua moral. A molécula é a oxitocina, um hormônio conhecido principalmente por ser produzido em maiores quantidades pelas mulheres no momento do parto e durante a amamentação. Essa substância seria um dos responsáveis pelos comportamentos considerados moralmente aprováveis, por sentimentos como compaixão, confiança, dentre outros. O autor visa explorar a influência da oxitocina nas pessoas, nos relacionamentos pessoais e, finalmente, na sociedade como um todo. Explica que tal substância não é o único fator decisivo em comportamentos íntegros e mostra que ela é um elemento que não apenas ajuda a definir a moral, mas que interage com outros fatores como religião e economia. Ressalta, ainda, que a produção dessa substância é estimulada por atitudes de confiança e isso gera um ciclo virtuoso de condutas estimuladas pela "molécula da moralidade". Veja a palestra sobre o livro no TED em www.ted.com/talks/lang/en/paul_zak_trust_morality_and_oxytocin.html.

A nova desordem digital

A nova desordem digital

David Weinberger

Ed. Campus

Os seres humanos são ávidos por informações: coletamos, etiquetamos e organizamos dados o tempo todo. Hoje, a mudança do mundo físico para o digital está virando nossas vidas de cabeça para baixo. No passado, tudo tinha seu devido lugar o mundo físico exigia isso, mas agora tudo tem diversos lugares: várias categorias, inúmeras prateleiras. De repente, tudo virou uma miscelânea. Em A nova desordem digital, David Weinberger leva o leitor por uma empolgante viagem pela ascensão da miscelânea. Examina como se decide quais informações não serão incluídas nos mapas físicos (e por que o Google Earth os está superando), como algumas lojas imitam uma loja on-line para aumentar as vendas, por que os professores de nossos filhos desistirão de fazê-los memorizar fatos e datas e como as mudanças para a música e as playlists digitais não estão transformando apenas o segmento musical, mas também definindo parâmetros para o futuro em praticamente todos os setores. O autor também mostra como a adesão à miscelânea pode trazer recompensas resultantes do dilúvio de informações para nossa vida pessoal e profissional. De A a Z, A Nova Desordem Digital remodelará completamente nosso modo de pensar e o nosso conhecimento em relação ao mundo. Neste livro você descobrirá que: * A informação torna-se mais valiosa quando é jogada numa grande “pilha” digital que será filtrada e organizada pelos próprios usuários. * Em vez de contar com especialistas, grupos de usuários estão inventando suas próprias maneiras de descobrir o que querem e o que devem aprender. * Empresas perspicazes não tratam as informações como um bem a ser guardado, mas como algo a ser “misturado”, e assim conquistam a lealdade dos clientes e advertem o mercado.

A nova era digital

A nova era digital

Jared Cohen e Eric Schmidt

Ed. Intrínseca

Quem será mais poderoso, os cidadãos ou o Estado? Os avanços tecnológicos facilitam ou dificultam o combate ao terrorismo? Será que a privacidade irá se tornar um luxo para poucos na nova era digital? Os autores anteveem a maior revolução da tecnologia da informação na história da humanidade.

A organização: entenda os bastidores das empresas

A organização: entenda os bastidores das empresas

Tim Sullivan e Ray Fishman

Ed. Campus

Criamos organizações porque precisamos realizar trabalhos que não conseguiríamos fazer sozinhos - e nos juntamos a elas porque suas missões (e nossos contracheques) nos inspiram. Porém, uma vez vinculados a elas, essas empresas raramente se mostram inspiradoras. Ao contrário, em geral ficamos frustrados com o que encontramos nas organizações - gerentes incompetentes, falta de objetivos claros, aparente desconsideração por dados e um abismo entre as promessas do RH e nossas experiências no ambiente de trabalho. Neste livro, Ray Fishman e Tim Sullivan evidenciam as causas dessa disfunção, a começar pela lógica econômica que explica a existência das organizações. Estudos de caso permeiam toda a obra - incluindo organizações como o McDonalds, a Al Qaeda, o Departamento de Polícia de Baltimore, a Procter & Gamble, a ilha de Samoa e a Google. Além disso, os autores analisam toda a estrutura das organizações, desde as mesas de trabalho dos funcionários do mais baixo nível hierárquico até a sala do CEO, e explicam o sentido das reuniões e por que elas nunca deixarão de existir, por que até os integrantes da Al Qaeda precisam submeter relatórios de viagens e despesas, como o Exército e outras organizações equilibram o inexorável avanço e o fomento à inovação, por que a administração dos hospitais - e não o cirurgião cardíaco - tem mais probabilidade de salvar vidas, o motivo de os CEOs passarem mais de 80% do tempo em reuniões, por que é exatamente ali que devem estar e por que ganham salários tão altos.

A realidade em jogo

A realidade em jogo

Jane McGonigal

Ed. Best Seller

Neste estudo sobre jogos de videogame e comportamento humano, Jane McGonigal defende a teoria de que os games atraem cada vez mais pessoas porque fazem um trabalho melhor do que a realidade para atender aos verdadeiros desejos da humanidade. Escrito tanto para jogadores quanto para não jogadores, "A realidade em jogo" mostra que o uso desses jogos não precisa ser voltado apenas para o entretenimento solitário e que o futuro pertence àqueles que conseguem entender, criar e jogar videogames. Veja as palestras da autora no TED em www.ted.com/talks/lang/pt-br/jane_mcgonigal_the_game_that_can_give_you
_10_extra_years_of_life.html
e www.ted.com/talks/lang/pt-br/jane_mcgonigal_gaming_can_make_a_better_world.html.

A revolta de Atlas

A revolta de Atlas

Ayn Rand

Ed. Arqueiro

Na mitologia grega, o titã Atlas recebe de Zeus o castigo eterno de carregar nos ombros o peso dos céus. Neste romance de Ayn Rand, os pensadores, os inovadores e os indivíduos criativos suportam o peso de um mundo decadente enquanto são explorados por parasitas que não reconhecem o valor do trabalho e da produtividade e que se valem da corrupção, da mediocridade e da burocracia para impedir o progresso individual e da sociedade. "A revolta de Atlas" está dividido em 3 volumes de 352, 384 e 496 páginas.

Adapte-se: Resiliência – Como pessoas, sociedades e organizações podem enfrentar mudanças e adaptar-se a elas

Adapte-se: Resiliência – Como pessoas, sociedades e organizações podem enfrentar mudanças e adaptar-se a elas

Andrew Zolli

Ed. Campus

Resiliência é a capacidade que um indivíduo possui de sempre se antecipar e de se ajustar a tendências ou mudanças capazes de abalar qualquer negócio. De acordo Andrew Zolli e Ann Marie Healy, autores dessa obra enriquecedora, ser resiliente não significa ser capaz de reagir a crises isoladas ou problemas anunciados, mas sim ser inteligente e capaz de reinventar um modelo de negócio antes que a necessidade de mudar seja obrigatória. Neste livro, são relatadas descobertas científicas revolucionárias, inovações sociais e ecológicas pioneiras e abordagens novas e significativas à construção de um mundo mais resiliente. Nesse processo, eles compartilham ideias para reforçar nossa própria resiliência psicológica, fomentar uma maior estabilidade em nossas comunidades e estabelecer diretrizes de liderança para organizações mais resilientes. Os autores mostram, ainda, como esse novo conceito de resiliência é uma lente poderosa por meio da qual podemos reavaliar questões cruciais: do planejamento empresarial ao desenvolvimento social, do urbanismo à segurança energética nacional — circunstâncias que nos afetam a todos. Provocativo, otimista e esclarecedor, esta obra elucida por que determinados sistemas, pessoas e comunidades vêm abaixo diante da ruptura e como, no fim das contas, podem aprender a reagir.

Administração de alto impacto: como os melhores gestores alcançam resultados extraordinários

Administração de alto impacto: como os melhores gestores alcançam resultados extraordinários

Mark Gottfredson e Steve Schaubert

Ed. Campus

"Administração de alto impacto" é fruto de intensas pesquisas realizadas por Mark Gottfredson e Steve Schaubert e de décadas de experiência e intercâmbio com gestores de todos os segmentos e com o maiores líderes em negócios do mundo. O livro traz uma maneira de desenvolver um planejamento com sucesso e mostra quais são os fundamentos necessários para sobreviver e prosperar em uma economia acelerada como a que temos hoje.

Análise e melhoria de processos de negócios

Análise e melhoria de processos de negócios

Saulo Barbará de Oliveira

Ed. Atlas

Esta obra traz capítulos como - Transferência de melhores práticas e a melhoria do desempenho de processos gerenciais - uma abordagem global; Ideias, práticas e tecnologias de gestão viabilizando os processos empresariais; Gestão da melhoria de processos pós-aquisição internacional com a integração de melhores práticas; Processos de transferência de tecnologia de gestão em âmbito global; Descobrindo os processos potenciais de melhoria; O que é melhoria do processo?; Quando é necessária a melhoria de um processo?; Como identificar a necessidade de melhoria; Ferramentas de gestão para identificação de melhorias; Pontos de partida para melhoria do processo; Como implementar melhorias?, entre outros.

As 4 disciplinas da execução: garanta o foco nas metas crucialmente importantes

As 4 disciplinas da execução: garanta o foco nas metas crucialmente importantes

Chris McChesney et alii

Ed. Campus

Você se recorda da última grande iniciativa que viu morrer na sua empresa? Houve algum estrondo? Ou foi sendo lenta e submissamente sufocada por outras prioridades? Quando desapareceu, provavelmente ninguém notou. O que aconteceu? O "redemoinho" de atividades urgentes necessário para manter as coisas funcionando no dia a dia devorou todo o tempo e energia que você precisava investir na execução da sua estratégia para o amanhã! As 4 Disciplinas da Execução (4DX) constituem uma fórmula simples, repetível e comprovada para você executar suas mais importantes prioridades estratégicas em meio ao redemoinho. Com Foco no crucialmente importante; Atuação nas medidas de direção; Manutenção de um placar envolvente e a Criação de uma cadência de responsabilidade, os líderes podem gerar resultados surpreendentes, até mesmo quando a execução da estratégia demanda significativa mudança no comportamento de suas equipes. 4DX não é teoria. É um conjunto de práticas comprovadas, que já foram testadas e aperfeiçoadas por centenas de organizações e milhares de equipes nos últimos 10 anos. Quando empresas ou indivíduos aderem a estas disciplinas, alcançam ótimos resultados, independentemente do objetivo a ser alcançado. 4DX representa um novo modo de pensar e trabalhar essencial para a prosperidade no clima competitivo da atualidade. Trata-se de um livro que nenhum líder pode deixar de ler.

As armas da persuasão: como influenciar e não se deixa influenciar

As armas da persuasão: como influenciar e não se deixa influenciar

Robert B. Cialdini

Ed. Sextante

Depois de passar anos caindo na lábia de vendedores, arrecadadores de doações e operadores de telemarketing, o psicólogo Robert B. Cialdini resolveu se dedicar ao estudo da persuasão. Ele queria entender quais são os fatores que levam uma pessoa a dizer "sim" a um pedido e que técnicas exploram melhor esses fatores. Reunindo dados de pesquisas científicas sobre o assunto, histórias de gente considerada comum e a experiência adquirida ao se infiltrar em organizações que treinam os chamados "profissionais da persuasão", Cialdini criou esta obra a todos aqueles que querem saber como influenciar pessoas e, ao mesmo tempo, se defender dos manipuladores. Segundo o autor, seis princípios psicológicos básicos governam o comportamento humano quando pessoas tomam uma decisão e podem ser usados como verdadeiras armas - 1. Reciprocidade; 2. Compromisso e coerência; 3. Aprovação social; 4. Afeição; 5. Autoridade; 6. Escassez. Cada princípio é discutido pelo autor em termos de sua função na sociedade e de como um profissional da persuasão pode mobilizar seu poder em pedidos de compras, doações, concessões, votos, permissões, etc. Além disso, pretende-se tornar possível ao leitor aprender a usar essas técnicas a seu favor nas interações diárias de todo tipo, com vizinhos, amigos, colegas, parceiros de negócios ou familiares.

As três regras: como as empresas excepcionais pensam

As três regras: como as empresas excepcionais pensam

Michael E. Raynor

Ed. Campus

Em todos os setores há uma organização atípica. Na indústria farmacêutica, temos a Merck. No varejo de descontos, a Family Dollar. Entre os fabricantes de doces, a Wrigley era inigualável, assim como a Maytag nos eletrodomésticos. Outros astros permaneceram mais discretos, como a Heartland Express no setor de transporte (caminhões), ou a Linear Technology em semicondutores. Como essas empresas excepcionais alcançaram um desempenho superior e duradouro apesar de enfrentar as mesmas dificuldades que os concorrentes? O que fazem de diferente? O que podemos aprender com elas? Michael E. Raynor e Mumtaz Ahmed analisaram mais de 25 mil empresas, com dados que cobrem um período de 45 anos. O estudo que levou cinco anos para ser concluído começou com uma sofisticada análise estatística a fim de identificar quais empresas têm um desempenho excepcional. Trabalhando em colaboração com equipes de pesquisadores, Raynor e Ahmed colocaram no microscópio uma representativa amostra de 27 empresas escolhidas a dedo para descobrir o que faz uma organização se destacar de todas as concorrentes em um setor e descobriram que diante de decisões difíceis esses formidáveis atores seguem três regras; O melhor antes do mais barato; Raramente competem com base no preço; Receita antes do custo. Impulsionam os lucros trabalhando com preço e volume, e não com drásticas reduções nos custos; Não existem outras regras. Estão dispostos a mudar o que for preciso para permanecerem fiéis às duas primeiras regras. Esses preceitos compõem uma bússola que qualquer empresa pode usar para traçar o próprio caminho rumo à grandeza. É melhor manter os preços baixos ou investir na criação de valor, que permitiria praticar preços mais elevados? Você deve se concentrar no talento e desenvolver as habilidades de seus funcionários ou criar processos para ampliar a capacidade de sua organização? Que tal adquirir um concorrente considerável para garantir economias de escala ou uma pequena startup para ter acesso a uma nova tecnologia? De acordo com Raynor e Ahmed, as respostas certas a essas e a quase todas as outras questões são as que estiverem mais bem alinhadas com as regras. "As três regras" é baseado em uma poderosa combinação de análise de dados em larga escala e estudos de caso em profundidade.

Aventuras empresariais

Aventuras empresariais

John Brooks

Ed. Best Business

O livro de negócios favorito de Bill Gates, sobre grandes fracassos de grandes empresas Em 1991, Bill Gates pediu ao amigo investidor Warren Buffett que lhe recomendasse um bom livro de negócios. Buffett não hesitou- Aventuras empresariais, de John Brooks. Era o seu favorito. E logo se tornou o favorito do fundador da Microsoft também. Em artigo para o Wall Street Journal, Bill Gates afirma- É bem verdade que muitos negócios mudaram, mas os fundamentos não . Um dos cases narrados no livro, que deveria ser estudado por todos que trabalham na indústria da tecnologia, é o da Xerox. A companhia ignorou a área de pesquisa que desenvolveu o início da rede Ethernet e a primeira interface gráfica – que hoje conhecemos como Windows ou OS X –, pois considerou que esses produtos estavam fora do core business da empresa. Outra história marcante foi o rombo de US$350 milhões que atingiu a Ford Motor Company, ao desenvolver o Edsel, modelo de carro de passeio que foi um fracasso monumental, por não avaliarem corretamente o nome, o design e as pesquisas de opinião. Aventuras empresariais mostra que o poder das decisões é capaz de alavancar uma empresa ou dizimá-la.

Business model generation: inovação em modelos de negócios

Business model generation: inovação em modelos de negócios

Alexander Osterwalder e Yves Pigneur

Ed. Alta Books

Modelos de negócios provocadores podem transformar a paisagem competitiva nas indústrias. "Business Model Generation" pretende oferecer ferramentas testadas para compreender, projetar, retrabalhar e implementar modelos de negócio.

Cérebro global: como inovar em um mundo conectado por redes

Cérebro global: como inovar em um mundo conectado por redes

Mohanbir Sawhney e Satish Nambisan

Ed. HSM

As inovações nas empresas podem ser geradas tanto interna como externamente. E o que acontece quando estabelecemos uma ponte entre os profissionais de uma organização e seus parceiros (pessoas e suas companhias - clientes, fornecedores etc.), possibilitando o compartilhamento de ideias, conhecimentos e experiências? Ampliamos infinitamente nossa capacidade de inovar. Inovação centrada em redes é o tema deste livro. Trata-se de um modelo de gestão da inovação que proporciona a empresas de diferentes partes do mundo alcançar lucratividade e crescimento sustentado. Mohanbir Sawhney e Satish Nambisan explicam esse modelo e como funcionam os mecanismos de inovação externa a serem explorados em uma organização, trazendo inclusive um roteiro de implantação. Revelam também os tipos de inovação, os papéis que a empresa deve desempenhar nas redes e as competências necessárias para conduzi-la nessa estratégia. Após a leitura de "Cérebro Global", empresários, CEOs, executivos, gerentes e profissionais de diversas áreas verificarão que inovar é algo muito além de mera pesquisa e desenvolvimento ou de criar um departamento específico na empresa. Inclui também um movimento de recursos globalizado, livre e aberto, algo que vem à luz neste livro e que é uma de suas mais notáveis contribuições.

Capital intangível: guia de melhores práticas para a avaliação de ativos intangíveis

Capital intangível: guia de melhores práticas para a avaliação de ativos intangíveis

José Roberto Martins

Ed. Integrare

Em "Capital Intangível", José Roberto Martins apresenta as práticas conhecidas para a avaliação econômica dos ativos intangíveis, e ainda: Conceituação de ativos tangíveis e intangíveis; Classificação das principais variáveis que podem valorizar ou desvalorizar uma empresa; Reflexão sobre a importância da marca nas vendas de uma empresa e na sua avaliação, tanto para compra/venda como para sua própria valorização; Exemplificação das prioridades que têm de ser estabelecidas dentro de uma empresa, tanto para o seu sucesso como para a sua imagem; Análise de compras/vendas de empresas, quais fatores devem ser levados em consideração para precificá-las, quais as empresas que teriam mais vantagens na hora da compra; Metodologias e modelos utilizados para a avaliação; O papel da empresa na avaliação de seus ativos intangíveis.

Capitalismo consciente: como libertar o espírito heroico dos negócios

Capitalismo consciente: como libertar o espírito heroico dos negócios

John Mackey e Rajendra Sisodia

Ed. HSM

O que empresas como Google, Southwest Airlines, Whole Foods Market, Patagonia, e UPS tem em comum? Todas elas incorporam em sua gestão alguns aspectos construtivos e promissores do capitalismo, atuando de maneira a criar valor não só para si mesmas, mas também para seus clientes, funcionários, fornecedores, investidores, a comunidade e o meio ambiente. Criadores do movimento do "Capitalismo Consciente", John Mackey, um dos fundadores do Whole Foods Market e Raj Sisodia, professor de marketing da Universidade de Bentley, explicam como algumas empresas aplicam os princípios deste movimento inovador na construção de estruturas sólidas e lucrativas. O livro oferece uma defesa ardorosa e uma redefinição consistente do capitalismo de livre-iniciativa, em uma análise tanto para os profissionais como para as empresas que apostam em um futuro mais cooperativo e mais humano.

Cartografia cognitiva: mapas do conhecimento para pesquisa, aprendizagem e formação docente

Cartografia cognitiva: mapas do conhecimento para pesquisa, aprendizagem e formação docente

Alexandra Okada (org.)

Ed. KCM

A "Cartografia Cognitiva" representa mapas do conhecimento para pesquisa, aprendizagem e formação docente. Os vinte capítulos deste livro estão agrupados em 5 partes - fundamentos, pesquisa, aprendizagem, formação docente, ética e mapeamento. O livro também aborda 5 softwares de mapeamento com download gratuito - "Nestor Web Cartographer", "Freemind", "Cmap Tools", "Compendium" e "CHIC". Nesta obra o leitor encontrará uma cobertura de temas e dados de pesquisas através de discussões teóricas, estudos de casos com estratégias e exemplos de mapeamentos; Bibliografia englobando mais de 470 referências; Glossário com mais de 110 conceitos-chave; Fórum de discussão com mais de 70 perguntas; lista de mapas com mais de 80 ilustrações e um índice remissivo com mais de 150 termos que integram os capítulos.

Checklist: como fazer as coisas bem feitas

Checklist: como fazer as coisas bem feitas

Atul Gawande

Ed. Sextante

Em Checklist Atul Gawande parte de relatos de cirurgias de risco para refletir sobre a forma como os profissionais lidam com a complexidade crescente de suas funções. Ele faz uma distinção entre erros de ignorância (que acontecem porque não se têm o conhecimento necessário para realizar algo) e erros de inépcia (que ocorrem quando não se faz bom uso desse conhecimento). Ele afirma que as falhas evitáveis no mundo contemporâneo são do segundo tipo e mostra como as tarefas habituais dos cirurgiões e de outros especialistas se tornaram tão intrincadas que equívocos já são praticamente esperados. O autor tem como objetivo provar que é possível obter melhores resultados e encontrar saídas mais eficazes para quase todo tipo de dificuldade usando checklists. Ele explica como essas listas de verificação viabilizam algumas atividades complexas, de pilotar aviões de grande porte ou acompanhar o mercado de ações a construir arranha-céus. Por meio de pesquisas e conversas com os profissionais, Gawande demonstra como o checklist pode evitar desperdícios, erros graves e até catástrofes. Conta também de que maneira ele é aplicado em áreas como futebol, teatro e música, e o que se pode fazer para tirar proveito desse método.

Coffee-break produtivo: Usando o sucesso-sem-esforço da tecnologia do Espaço Aberto

Coffee-break produtivo: Usando o sucesso-sem-esforço da tecnologia do Espaço Aberto

Harrison Owen

Ed. Novo Paradigma

Apresentando a inovadora "Tecnologia do Espaço Aberto" (TEA) ao leitor brasileiro, " livro detalha como organizar e facilitar reuniões envolvendo grupos heterogêneos de 5 a mil pessoas, mas não só - a TEA é toda uma nova proposta de relacionamento entre pessoas para a aprendizagem permanente. Funciona baseada na paixão e na responsabilidade; reconhece e avalia dados do passado e se lança ao futuro, de tal maneira que os que a aplicam, estejam eles em qualquer nível hierárquico de uma dada organização, sejam plenamente incluídos em seu desenvolvimento e desempenhem seu papel com absoluta propriedade.

Comece algo que faça a diferença

Comece algo que faça a diferença

Blake Mycoskie

Ed. Voo

Em "Comece Algo Que Faça a Diferença", o autor conta a história da TOMS, uma das empresas de calçados que mais cresce no mundo, além de partilhar ensinamentos que aprendeu com outras empresas inovadoras como "Method, charity-water, FEED Projects e Terra Cycle". O autor apresenta seis dicas para criar ou transformar sua vida, ou sua empresa - desde descobrir o cerne da sua história, até ser engenhoso sem recursos; de superar seus medos e dúvidas a incorporar o ato de doar em todos os aspectos de sua vida. Não importa qual tipo de mudanças você está pensando em fazer, este livro dará histórias, ideias e dicas práticas que lhe ajudarão a começar.

Como as decisões realmente acontecem

Como as decisões realmente acontecem

James G. March

Ed. Leopardo

O escopo do trabalho acadêmico de James G. March é focado no entendimento de como as decisões acontecem em indivíduos, grupos, organizações e na sociedade. Ele explora fatores que influenciam a tomada de decisões, como orientações de risco; lideranças; ambiguidades do presente e do passado; política e interesses nos investimentos pelos stakeholders; desafios de dar e receber conselhos; desafios do aprendizado organizacional e individual e desafios de equilibrar a exploração em organizações. O autor se comunica e interage de muitas formas como livros, artigos, seminários interativos, filmes e poesias.

Como as gigantes caem: e por que algumas empresas jamais desistem

Como as gigantes caem: e por que algumas empresas jamais desistem

Jim Collins

Ed. Campus

Este livro mostra como algumas corporações falham e quais são os estágios desse declínio. A obra traz também elementos para reflexão - o declínio pode ser percebido e evitado com antecedência? Até onde pode falhar uma companhia antes que o caminho se torne inevitável? As empresas podem reverter esse trajeto? Ao confrontar essas e outras perguntas, Collins analisa o fracasso das empresas, e não o sucesso.

Como avaliar sua vida: Em busca do sucesso pessoal e profissional

Como avaliar sua vida: Em busca do sucesso pessoal e profissional

Clayton M. Christensen, James Allworth e Karen Dillon

Ed. Alta Books

Neste livro, os autores procuram trazer à tona as seguintes questões: como eu posso ter certeza de que irei encontrar a satisfação em minha carreira?; como posso ter a certeza de que as minhas relações pessoais se tornarão fontes duradouras de felicidades?; como posso evitar comprometer a minha integridade - e ficar fora da prisão? Tendo por intuito usar lições de empresas do mundo, eles pretendem fornecer reflexões sobre estas questões.

Como viver na era digital

Como viver na era digital

Tom Chatfield

Ed. Objetiva

Nosso mundo está cada vez mais digital. Hoje, mais da metade da população adulta do planeta passa mais tempo no trabalho “conectado” do que “desconectado”, seja pela internet, pelo celular ou por qualquer outra mídia digital. Enviar e-mail, mensagem, twittar, escrever em um blog já são parte da nossa vida profissional, dos nossos relacionamentos e até mesmo da nossa vida familiar. Mas que efeito essa necessidade por conexão constante está realmente tendo? Tom Chatfield examina o que nossa vida “conectada” está realmente fazendo com nossas mentes, para o bem ou para o mal. Apresentando pesquisas inovadoras e práticas, ele nos ensina como prosperar em um século digital sem perder nossa humanidade. É possível viver bem com a tecnologia? O mundo está cada vez mais digital: hoje, mais da metade da população adulta do planeta passa mais tempo no trabalho “conectado” do que “desconectado”, seja pela internet, pelo celular ou por qualquer outra mídia digital. Enviar e-mails, mensagens, ‘twittar’ ou escrever em um blog faz parte da vida profissional, dos relacionamentos e até da vida familiar. Na vida pessoal e profissional, a “vida conectada” está sempre presente. Mas que efeito essa necessidade por constante conexão está realmente tendo? Tom Chatfield examina o que a vida “conectada” está realmente fazendo com a mente humana, para o bem ou para o mal. Abordando temas que dizem respeito ao que é realmente fundamental no uso da tecnologia e apresentando pesquisas inovadoras e práticas, ele ensina como prosperar em um século digital sem perder a humanidade.

Como: por que o como fazer algo significa tudo... nos negócios (e na vida)

Como: por que o como fazer algo significa tudo... nos negócios (e na vida)

Dov Seidman

Ed. DVS

Neste livro, o autor busca destacar como os valores e a cultura de uma empresa são determinantes para o seu sucesso. Afirma que as pessoas vivem numa época em que existe uma avalanche de informações e uma transparência sem precedentes, com as quais o mundo dos negócios mudou as regras do jogo. Em sua visão, não é mais "o que" cada empresa faz, mas "como" ela faz que a distingue das outras. Sendo assim, para manter uma vantagem sustentável, as companhias devem se preocupar cada vez mais com o "como desenvolvem" suas atividades. O autor procura compartilhar sua abordagem com o leitor nesta obra, que conta com relatos de casos reais, estudos de casos, pesquisas em diferentes áreas e entrevistas com diversos grupos de líderes empresariais, peritos e pessoas comuns da linha de frente.

Conecte-se ao que importa: um manual para a vida digital saudável

Conecte-se ao que importa: um manual para a vida digital saudável

Pedro Burgos

Ed. Leya

Um número cada vez maior de empregos envolve olhar para o computador o dia todo e fazer hora extra com o celular. E quando não estamos fazendo isso, no trabalho, muitos de nós temos uma telinha de smartphone no bolso, uma TV "inteligente" na sala, um notebook no quarto ou um iPad para levar à cama ou ao banheiro. Se passamos tanto tempo com objetos tecnológicos conectados, é preciso saber como se relacionar com eles e como não gastar tempo ou dinheiro demais. Será que o limite de 140 caracteres do discurso no Twitter e a opção única de "gostar" no Facebook mudam de alguma forma o nosso discurso e relações? Qual o impacto da multitarefa na nossa produtividade? Existe algo como uma overdose de informação? Estamos perdendo a privacidade ou, pelo contrário, tendo relações cada vez mais superficiais? Há muitas perguntas no ar e poucas respostas definitivas porque passamos por um daqueles raros momentos da história em que a tecnologia muda profundamente a vida das pessoas. E de maneira incrivelmente rápida. Das definições de transtornos psiquiátricos às regras de etiqueta tudo está mudando. Mais importante do que dar soluções para o que nos aflige nas relações com a tecnologia, devemos refletir, debater e compartilhar as melhores práticas. Precisamos pensar sobre os objetos que nos acompanham o tempo todo e como de fato melhorar a nossa vida enquanto estamos permanentemente online. É o que se propõe "Conecte-se ao que importa - um manual para a vida digital saudável".

Construindo um negócios melhor com a utilização do método Lego Serious Play

Construindo um negócios melhor com a utilização do método Lego Serious Play

Per Kristiansen e Robert Rasmunssen

Ed. DVS

Construindo um Negócio Melhor com a Utilização do Método Lego Serious Play oferece uma abordagem criativa para inovar e melhorar a performance profissional, focando na utilização do brincar para desbloquear o potencial humano nas organizações. Baseado em anos de pesquisa e escrito por Per Kristiansen e Robert Rasmussen – os dois Master Trainers originais para Lego Serious Play –, o livro mostra claramente como o método pode desenvolver times, pessoas, relacionamentos e, em última análise, melhorar os negócios. Por meio da fusão entre jogo e desenvolvimento organizacional, sistemas de pensamento e desenvolvimento estratégico, Lego Serious Play mostrou melhorar a qualidade das reuniões, acelerar processos de inovação, promover o crescimento de equipes e aumentar a qualidade da comunicação. Repleto de exemplos ilustrativos, o livro mostra como a construção com blocos de Lego libera a imaginação e o potencial que está normalmente inacessível pela mente lógica. Como explicam os autores, esta é uma abordagem inovadora do tipo “mãos na massa e mentes ligadas”. Ao longo do livro, eles exploram tanto a teoria quanto a implementação prática do Lego Serious Play, que pode aumentar a performance organizacional dramaticamente. O método provou ser bem-sucedido em organizações de todo tipo, no mundo todo. Ele tem sido utilizado por governos locais, organizações de serviços globais, grandes bancos, startups, organizações internacionais e indústrias, e tem o potencial de maximizar a sinergia entre os times de qualquer empresa.

Consumo autoral: as gerações como empresas criativas

Consumo autoral: as gerações como empresas criativas

Francesco Morace

Ed. Estação das Letras

Nesta edição, Francesco busca questionar e analisar como está o comportamento de novos consumidores e faz um mapeamento com 12 grupos - Os "Lively Kids" (4 a 8 anos), "Posh Tweens" (8 a12 anos), "Expo Teens" (13 a 18), "Linker People" (18 a 30), "Unique Sons" (25 a 35), "Sense Girls" (25 a 40), "Mind Builders" (25 a 50), "Singular Women" (35 a 50), "Premium Seekers" (45 a 60 anos), "Normal Breakers" (45 a 60), os "Family Activist" (60 ou mais) e os "Pleasure Growers" (60 ou mais). Com base nas inúmeras pesquisas realizadas pela Future Concept Lab, Morace organiza e procura explicar como esses sinais contemporâneos podem influenciar no poder de decisão do novo consumidor.

Contágio: por que as coisas pegam

Contágio: por que as coisas pegam

Jonah Berger

Ed. Leya

O que faz algo ser realmente um sucesso de público? Se você respondeu propaganda, pense de novo. Hoje as pessoas não dão mais tanta importância para anúncios, elas escutam opiniões. Mas por que falamos mais sobre certos produtos e ideias do que outros? Por que algumas histórias e boatos se espalham com mais facilidade? E o que faz um conteúdo on-line tornar-se viral? Jonah Berger, professor de Marketing de Wharton, passou a última década respondendo essas perguntas. Ele estudou, por exemplo, por que artigos do The New York Times estão sempre na lista dos textos mais enviados por e-mail, ou por que alguns produtos geram boca a boca, e como a influência social define desde os carros que compramos às roupas que vestimos e os nomes que damos a nossos filhos. Neste livro, Berger revela a ciência secreta por trás do viral e da transmissão social. O autor apresenta seis princípios básicos que impelem todos os tipos de coisas a se tornarem contagiosas, de bens de consumo e iniciativas políticas a boatos no ambiente de trabalho e vídeos no YouTube.

Corporação 2020: como transformar as empresas para o mundo de amanhã

Corporação 2020: como transformar as empresas para o mundo de amanhã

Pavan Sukhdev

Ed. Planeta

Com visão perspicaz da história das corporações e discussão criteriosa sobre os passos necessários para a criação de um modelo corporativo aprimorado, o livro "Corporação 2020 - Como Transformar as Empresas para o Mundo de Amanhã" oferece uma visão sem igual e esperançosa do papel dos negócios na formação de um futuro mais justo e sustentável. "Este livro é uma exposição igualmente importante para líderes empresariais e líderes do movimento em prol da sustentabilidade ambiental, que precisam ir além da "infância" em termos da verdadeira compreensão e do reconhecimento do valor dos recursos naturais. Um trabalho inspirador e que nos dá muitas esperanças", declarou Edward Norton, embaixador da Boa Vontade da ONU para a Biodiversidade. Veja a palestra do autor no TED: www.ted.com/talks/pavan_sukhdev
_what_s_the_price_of_nature.html
.

Crenças e valores em nossas organizações

Crenças e valores em nossas organizações

Alexandre Garret e Takeshy Tachizawa

Ed. Cultura

Empreendedorismo, governança corporativa, responsabilidade social, globalização, ética e cidadania são apenas alguns dos inúmeros temas que convivem na realidade do mundo organizacional. Eles refletem como agem e pensam os profissionais e as empresas que hoje se moldam a um emaranhado de valores requisitados pela sociedade na era do conhecimento e da informação. Quando esses valores abordam questões como cultura e clima organizacional, trabalho em equipe, liderança, motivação, planejamento estratégico e qualidade de vida, eles ressaltam a nossa filosofia de encarar os negócios, o emprego e a empregabilidade nos novos tempos. A análise de filmes, como "A firma", "A história de uma fraude - O caso Enron", "Ameaça virtual", "Tróia", "Apolo 13", "Erin Brockovich", "O gladiador", "Wall Street; poder e cobiça", "O último samurai" e "Tucker - um homem e seu sonho", entre outros citados pelos autores, permite boas reflexões.

Criativo e produtivo: os 5 passos da inovação empresarial que geram resultados imediatos

Criativo e produtivo: os 5 passos da inovação empresarial que geram resultados imediatos

Josh Linkner

Ed. Novo Conceito

Ser criativo tornou-se essencial no mundo globalizado. A maior parte dos executivos sente-se pressionada a produzir mais - e de maneira mais inventiva - para garantir a competitividade. Ser criativo e exercitar a criatividade no processo produtivo nem sempre foi fácil. Pelo menos até agora. Nesta obra, o executivo Josh Linkner ensina que é possível manter-se na frente - - explorando o poder da inventividade; - capacitando seus funcionários para que desenvolvam "músculos criativos"; - criando novas e lucrativas ideias.

Cultura da conexão: criando valor e significado por meio da mídia propagável

Cultura da conexão: criando valor e significado por meio da mídia propagável

Henry Jenkins, Joshua Green e Sam Ford

Ed. Aleph

Essa máxima simples, mas definitiva, norteia a análise de três renomados pensadores atuais da mídia moderna - entre eles Henry Jenkins - sobre o futuro da circulação de conteúdo nos meios de comunicação social e digital. Vivemos uma mudança de paradigma na mídia - a passagem de uma mentalidade regulada pela lógica da radiodifusão, que dominou todo o século 20, para outra em que o controle sobre a produção e a distribuição cultural já não é tão rígido; uma nova proposição que permite e valoriza o engajamento das audiências. Hoje, as pessoas não se limitam ao simples papel de consumidor. Discutem, reagem, espalham seus interesses e críticas pelas diferentes modalidades de mídia. Querem ser ouvidas, atendidas, recompensadas. Entre as muitas possibilidades dessa cultura cada vez mais ligada em rede, há pelo menos uma grande certeza - será mais bem-sucedido quem souber lidar melhor com as aspirações e desejos de um público ávido por participar e opinar.

Dataclisma: quem somos quando achamos que ninguém está vendo

Dataclisma: quem somos quando achamos que ninguém está vendo

Christian Rudder

Ed. Best-Seller

Através da análise dos dados de um site de relacionamentos, uma investigação audaciosa e irreverente sobre o comportamento humano Com nossas vidas cada vez mais expostas on-line, é possível que usem nossos dados para todo tipo de atividade- nos espionar, nos contratar, nos demitir e, principalmente, nos vender coisas de que realmente não precisamos. Em Dataclisma, no entanto, Christian Rudder usa todos esses dados para nos mostrar quem realmente somos na internet quando pensamos que ninguém está vendo. Ousado, original e irreverente, Rudder encara o desafio de manter a privacidade do público ao mesmo tempo em que explica, com base na análise dos dados, a diferença do comportamento dos homens e mulheres na rede; como o botão curtir do Facebook pode prever, com precisão surpreendente, a orientação sexual de uma pessoa; como mulheres bonitas têm mais chances de conseguir se sair bem em entrevistas de emprego; como o Twitter pode provocar uma nova dinâmica do ódio em massa e muito mais. O autor mostra como a Internet pode ser um lugar vibrante, brutal, carinhoso, indulgente, enganador, sensual e cheio de fúria. Afinal ela reflete a nossa sociedade e é composta por seres humanos. Da zona urbana a rural, dos ricos aos pobres, dos negros aos asiáticos, passando por brancos e latinos, de várias idades, todos estão conectados. E nunca na história da humanidade suas vidas e relações nunca foram tão rastreadas e transformadas em dados. Christian Rudder é cofundador e presidente do OkCupid, além de tocar na banda Bishop Allen. Seu trabalho tem sido divulgado em veículos importantes como o New York Times, a New Yorker e muitos outros.

De olhos bem abertos: como tomar decisões inteligentes em um mundo confuso

De olhos bem abertos: como tomar decisões inteligentes em um mundo confuso

Noreena Hertz

Ed. Fontanar

Durante toda a vida, enfrentamos milhares de decisões, algumas mais simples e outras com consequências importantes. Felizmente, vivemos numa época em que o acesso à informação é praticamente ilimitado. O problema é que esse mesmo dilúvio de dados pode se transformar num grande obstáculo. Como separar o que será útil do dispensável? Em quem acreditar? Como tomar decisões acertadas numa realidade cada vez mais dinâmica e com interrupções contínuas e constantes de e-mails, de toques de telefones, das mensagens instantâneas? Num mundo dominado por estratégias de marketing, pela ilusão do Photoshop e pelo excesso de informação, precisamos aprender a enxergar além do óbvio a que estamos condicionados a ver. Em "De olhos bem abertos", Noreena Hertz, economista e professora da University College London e considerada uma das pensadoras mais influentes da atualidade, ensina a tomar decisões de forma confiante, independente e inteligente. Em dez passos claros e recheado de histórias instigantes, a autora mostra como reconhecer as distrações do dia a dia que corroem a concentração, a questionar os especialistas muito confiantes, a não procurar por fatos que apenas confirmem a nossa opinião, a aprender a identificar como somos manipulados, a não achar que experiências de sucesso ou fracasso do passado vão definir para sempre o futuro, a saber o que priorizar, entre vários outros fatores que transformarão a maneira como tomamos decisões.

De onde vêm as boas ideias

De onde vêm as boas ideias

Steven Johson

Ed. Zahar

Nesta obra, Steven Johnson procura responder de onde vêm as boas ideias. O autor descarta o senso comum de que criadores já nascem geniais e, isolados em seus estúdios ou laboratórios, concebem as grandes descobertas. E dedica a sua pesquisa inicialmente à biologia, chegando à conclusão de que a evolução depende, mais do que de ambientes propícios para a sobrevivência, de meios em que espécies diferentes entrem em contato. No campo das ideias não é diferente. Traçando a história por trás de quase duzentas descobertas e invenções, o autor procura comprovar que um ambiente conectado, em que intuições circulam livremente, é mais propício para o surgimento de grandes invenções. Johnson nos mostra, criando paralelos, os sete padrões considerados fundamentais dos processos de inovação desenvolvidos pelo homem e pela natureza - as descobertas que surgem a partir de outras descobertas; as redes em que informações se chocam constantemente; as intuições lentamente construídas; as intuições acidentais; o aprendizado a partir dos erros; as invenções de uma área que encontram aplicação em outra; os processos generalizados de sedimentação do saber. Vejam sua palestra no TED: www.ted.com/talks/steven_johnson
_where_good_ideas_come_from.html

Descubra seus pontos fortes

Descubra seus pontos fortes

Marcus Buckingham e Donald O. Clifton

Ed. Sextante

Marcus Buckingham e Donald O. Clifton descobriram que a maioria das empresas dá pouca ou nenhuma atenção aos pontos fortes de seus funcionários. Preferem investir tempo e dinheiro na tarefa de corrigir suas fraquezas, achando que desse modo as pessoas atingirão a excelência. Por outro lado, a pesquisa revelou que os profissionais bem-sucedidos compartilham um segredo simples, mas poderoso - usam suas energias para aprimorar aquilo que fazem melhor, deixando seus pontos fracos em segundo plano. E, assim, tornam-se cada vez mais competentes, produtivos e felizes. Para ajudar você a descobrir quais são e como aprimorar seus talentos e de seus colaboradores, este livro traz um programa em torno do teste "Descubra a fonte de seus pontos fortes".

Desenhando negócios: como desenvolver ideias com o pensamento visual e vencer nos negócios

Desenhando negócios: como desenvolver ideias com o pensamento visual e vencer nos negócios

Dan Roam

Ed. Campus

Neste livro, Roam tenta ensinar o leitor a lançar luz sobre problemas ou vender ideias por meio de um conjunto de ferramentas. Ele busca mostrar como pensar com imagens pode ajudar a descobrir e desenvolver diferentes ideias, resolver problemas de maneiras inesperadas e melhorar a capacidade de expor insights.

Desenhe sua estratégia de negócios: transforme decisões com o poder dos elementos visuais

Desenhe sua estratégia de negócios: transforme decisões com o poder dos elementos visuais

Christione Chopyak

Ed. DVS

O livro de Christine Chopyak, mostra como empresas estão obtendo sucesso com o uso de ilustrações e cores em suas estratégias. A obra parte de estudos científicos que demonstram o poder da utilização de figuras, desenhos e gráficos em mobilizar os dois lados do cérebro e, com isso, aproveitar-se da imaginação para propiciar novas possibilidades de negócios - que, de outro modo, poderiam passar despercebidas. "Desenhe sua Estratégia de Negócios" irá ajudar o leitor a se tornar um mestre nos princípios da ilustração estratégica - um sistema comprovado para a visualização de ideias. Imagens e estratégias ganham vida nas salas de reuniões e conferências, de um jeito rápido, fácil e inteligente. De posse de apenas algumas canetas piloto e papel, o livro mostra como: - Usar figuras para reestruturar, reorganizar e repensar seu plano de negócios; - Estabelecer linhas comuns entre pessoas, processos e produtividade; - Criar novas possibilidades de negócios por meio das figuras e do compartilhamento de ideias; - Mapear seu progresso com benchmarks e objetivos; - Criar um mapa com um projeto de atividades que permita que a equipe veja o quadro geral - e, com isso, torne esse projeto mais bem-sucedido. O livro, voltado a pessoas acostumadas a desenhar ou não, está repleto de dicas inteligentes de desenho e estruturas simples que ajudam a liberar a criatividade para colocar ideias em prática. Desenvolvido por Christine Chopyak na "Alchemy: The Art of Transforming Business", a obra propõe um modelo de negócios para que qualquer um consiga desenvolver ações específicas "visíveis", ou seja, capazes de serem medidas, rastreadas e expandidas para outras áreas de uma empresa.

Design de negócios

Design de negócios

Roger Martin

Ed. Campus

Neste livro, Roger Martin apresenta uma forma de pensar que equilibra a investigação dos novos conhecimentos (inovação) com a exploração do conhecimento atual (eficiência), com o objetivo de gerar conceitos revolucionários e criar valor para as empresas. O autor mostra porque o design deveria ser a peça central ou o ponto inicial para a maioria dos trabalhos que são feitos no mundo dos negócios e a importância do conceito de design thinking, considerado por ele "a próxima vantagem competitiva".

Devagar: como o movimento mundial está desafiando o culto da velocidade

Devagar: como o movimento mundial está desafiando o culto da velocidade

Carl Honoré

Ed. Record

Carl Honoré mostra que a cultura da velocidade teve início durante a Revolução Industrial, foi impulsionada pela urbanização e cresceu desenfreadamente com os avanços da tecnologia no século XX. Com o mundo em plena atividade, o culto à velocidade nos impeliu ao colapso. Vivendo no limite da exaustão, estamos sendo constantemente lembrados por nossos corpos e mentes que o ritmo da vida está girando fora de controle. Este livro traça a história de nossa intensa relação de pressa com o tempo, e atrela as conseqüências e charadas de viver nesta cultura acelerada, criação nossa. Por que estamos sempre com pressa? Qual a cura para a falta de tempo? É possível, ou até mesmo desejável, desacelerar? Percebendo o preço que pagamos pela velocidade implacável, as pessoas em todo o mundo estão reivindicando o tempo delas e desacelerando o passo - vivendo mais felizes e, conseqüentemente, de forma mais produtiva e saudável. Uma revolução "Devagar" está acontecendo.

Dez tipos de inovação: a disciplina de criação de avanços e ruptura

Dez tipos de inovação: a disciplina de criação de avanços e ruptura

Larry Keeley, Ryan Pikkel, Brian Quinn e Helen Walters

Ed. DVS

O livro "Dez tipos de inovação - a disciplina de criação de avanços de ruptura", mostra como enxergar a inovação em suas diversas modalidades e como utilizá-las para obter vantagem competitiva. O trabalho é fruto de mais de trinta anos de pesquisa, tomando como exemplos desde grandes empresas globais a novos empreendimentos, sobre a eficácia da inovação e como obtê-la de modo consistente e sustentável. Para isso, é preciso derrubar alguns mitos que se solidificaram em companhias de todos os tamanhos e setores. Um deles é de que a inovação deve ficar restrita a uma área ou pequeno grupo de profissionais. Ao contrário dessa ideia, o livro coloca que qualquer pessoa em uma organização pode - e deve - aperfeiçoar suas habilidades em inovação. Após analisar cerca de 2 mil exemplos de inovação eficientes - aplicados por empresas como Dell, Toyota, Gillette e muitas outras -, os autores identificaram padrões para chegar a um sistema que substitui mitos como o apresentado acima por métodos. Eles concluíram que qualquer proposta eficiente é fruto da combinação de dez tipos de inovação: "Acreditamos que se trata de uma estrutura que qualquer pessoa pode utilizar favoravelmente, desde um diretor executivo a um estagiário de administração, de qualquer setor e de qualquer empresa, grande ou pequena. Ela nos oferece uma forma de compreender as complexidades dos negócios modernos e é apresentada de uma maneira que esperamos que você considere simples e objetiva" - explicam.

Diferente: quando a exceção dita a regra

Diferente: quando a exceção dita a regra

Youngme Moon

Ed. Best Business

Como explicar a hegemonia do Google, que em meio aos megaportais de conteúdo se tornou o site número um da internet oferecendo menos benefícios na homepage? E o sucesso da campanha da Dove pela Verdadeira Beleza, em que as estrelas não foram top models e sim mulheres comuns? Essas marcas se tornaram referência na categoria por serem diferentes, e é baseada nelas – e em outras de igual impacto – que Youngme Moon interpreta o fascinante mundo do consumo pelo prisma da diferenciação. Diferente é escrito a partir de um olhar único e preciso, a fim de ensinar a como se destacar em um mercado cada vez mais padronizado, onde todos os produtos que concorrem em uma determinada categoria parecem iguais graças à especialização do marketing.

Economia compartilhada: como pessoas e plataformas da Peers Inc. estão reinventando o capitalismo

Economia compartilhada: como pessoas e plataformas da Peers Inc. estão reinventando o capitalismo

Robin Chase

Ed. HSM

A Peers Inc. uma estrutura que usa todos os recursos e todas as partes interessadas com eficiência. A “Inc” se encarrega dos pontos fortes corporativos (que requerem escala e recursos consideráveis) e os “Peers” se encarregam dos pontos fortes das pessoas (adaptação local, especialização, customização). Quando as Incs e os peers só se concentram no que sabem fazer melhor, a colaboração resultante é muito interessante e até pode chegar a ser milagrosa. Usando recursos que já temos – ativos físicos, habilidades, redes, dispositivos, dados, experiências, processos –, essas organizações crescem com eficiência e por vezes exponencialmente. A Peers Inc. revoluciona as regras da criação de valor: recursos compartilhados possibilitam as maiores eficiências, mentes pensando juntas criam as maiores inovações.

Empresas feitas para vencer: porque algumas empresas alcançam a excelência e outras não

Empresas feitas para vencer: porque algumas empresas alcançam a excelência e outras não

Jim Collins

Ed. HSM

A obra responde a seguinte pergunta: Como empresas boas, medianas e até ruins podem atingir uma qualidade duradoura? "Empresas feitas para vencer" mostra como as grandes empresas triunfam no decorrer do tempo e como o desempenho sustentável a longo prazo pode ser inserido no DNA de uma organização desde sua concepção. O autor apresenta exemplos que desafiam a lógica e transformam a mediocridade em uma superioridade duradoura, e apresentando também quais são as características universais que levam uma empresa a se tornar excelente e outras não.

Empresas fora de série:  gestão da mudança para criar valor, inovação e crescimento

Empresas fora de série: gestão da mudança para criar valor, inovação e crescimento

Rosabeth Moss Kanter

Ed. Campus

Esta obra oferece uma investigação das empresas do futuro e das habilidades de gestão necessárias para criar uma sinergia ímpar entre dois lados aparentemente díspares - o desempenho financeiro e a atenção à comunidade e às necessidades sociais. IBM, Banco Real, P&G, Cemex, Omron e outras companhias relatam como fizeram para progredir com a rapidez e a criatividade de empreendimentos menores, gerando resultados ao mesmo tempo em que contribuem para a esfera social. As histórias contadas pela Dra. Kanter revelam que as pessoas estão mais inclinadas a serem criativas quando as empresas onde trabalham valorizam a inovação para ajudar o mundo. "Empresas fora de série" traduz a essência do contexto de negócios que surgiu no século 21.

Eneagrama para líderes

Eneagrama para líderes

Nicolai Cursino

Ed. Qualitymark

Ao delimitar os nove tipos principais de personalidade na busca de um estilo de liderança eficaz, o eneagrama leva o indivíduo ao autoconhecimento. Embora ele não englobe todas as características de personalidade existentes, o resultado chega bem próximo do real, permitindo que o líder descubra quais são seus pontos fortes e fracos e trabalhe a partir desse ponto. Quanto mais o líder tem conhecimento e domínio sobre si próprio, mais capacitado ele é para conduzir suas equipes.

Entendendo Michael Porter: o guia essencial da competição e estratégia

Entendendo Michael Porter: o guia essencial da competição e estratégia

Joan Magretta

Ed. HSM

Este livro procura responder a algumas perguntas, como - por que algumas empresas são mais lucrativas do que outras e como se constrói uma estratégia eficaz. A obra busca reunir as ideias de Porter, que podem ser resumidas em - cinco forças; vantagem competitiva; criação de valor; trade-offs; ajuste e continuidade. O livro tem o objetivo de ajudar o leitor a identificar uma boa (ou má) estratégia e a diferenciar uma estratégia sólida de outra frágil.

Estratégia baseada em recursos: 15 artigos clássicos para sustentar vantagens competitivas

Estratégia baseada em recursos: 15 artigos clássicos para sustentar vantagens competitivas

Junico Antunes et alii

Ed. Bookman

A leitura direta dos textos clássicos abrirá novas perspectivas para - compreensão das estratégias dos concorrentes; formulação da estratégia organizacional a partir dos recursos e capacitações internas; compreensão da trajetória e das decisões estratégias; visualização e gerenciamento estratégico dos recursos internos da empresa.

Estratégia de fora para dentro: lucrando com a visão do cliente

Estratégia de fora para dentro: lucrando com a visão do cliente

Georges S. Day e Christine Moorman

Ed. Bookman

Esta obra pretende trazer uma visão sobre criação de valor duradouro a empresas por dois professores que desafiam o leitor a mudar de perspectiva. Eles pretendem mostrar que as empresas que adotam - e lutam para manter - uma visão de fora para dentro focada no valor oferecido ao cliente conseguem aumentar a receita, os lucros e o valor aos acionistas por meio de um forte estímulo ao ciclo do negócio.

Etiqueta essencial: As regras não escritas do bom comportamento para o profissional de sucesso

Etiqueta essencial: As regras não escritas do bom comportamento para o profissional de sucesso

Beverly Langford

Ed. Clio

A inteligência e a competência podem aumentar as chances de sucesso do profissional empenhado em alcançar os seus objetivos de carreira -, mas independente da área onde você atue, o domínio da arte de interagir com os outros profissionais, clientes e demais pessoas com que se relaciona é essencial para o seu êxito. No ambiente de trabalho moderno, sem boas habilidades de comunicação, sem desenvoltura social e um bom controle sobre o comportamento nos relacionamentos, não se vai a lugar algum com rapidez.

Ética pessoal para o mundo real

Ética pessoal para o mundo real

Ronald A. Howard e Clinton D. Korver

Ed. M.Books

Este livro procura oferecer conselhos práticos para se criar um código ético pessoal, com o qual o leitor poderá aprender a - Identificar ações delicadas eticamente; Tomar decisões aplicando distinções éticas; Assumir antecipadamente compromisso com os princípios éticos; Gerar diferentes alternativas para resolver dilemas. Ao mostrar como desenvolver o hábito de agir com ética, o livro pretende ajudar os leitores a tomarem a decisão em diferentes situações.

Ferramentas estratégicas: guia essencial para construir estratégias relevantes

Ferramentas estratégicas: guia essencial para construir estratégias relevantes

Vaughan Evans

Ed. Campus

Este livro tem o objetivo de oferecer aos seus leitores um recurso prático e teórico indispensável aos profissionais ligados à criação, implementação, avaliação e análise do composto e cenário estratégico do negócio, sejam esses negócios pequenos, médios ou grandes. Trata-se de um guia com as 88 principais ferramentas de análise estratégica de cenário, competição, risco, oportunidades, vantagem competitiva, eliminação de “gaps”, alinhamento organizacional, demanda, entre outros.

Foco no que realmente funciona: Filtre o excesso de informações e concentre-se no que importa

Foco no que realmente funciona: Filtre o excesso de informações e concentre-se no que importa

Christopher J. Frank e Paul Magnone

Ed. Leya

Munir-se de informações e toda sorte de dados é considerado fundamental no processo de tomada de decisões. No entanto, a babel de e-mails, mensagens, relatórios, números e notícias do mundo moderno pode prejudicar tanto a tarefa de concentração e o foco. Não se trata de deter o fluxo intenso de informações, e sim de filtrar e selecionar as informações que realmente importam. Frank e Magnone desenvolveram um método que consideram muito prático. Um sistema de sete perguntas que permitem visualizar com objetividade qualquer situação e encontrar as soluções, permitindo ainda que o gestor melhore aspectos de sua comunicação, com mais clareza e objetividade. Este livro busca trazer ferramentas para quem não quer perder o rumo em meio a inúmeros detalhes, buscando oferecer um caminho para entender cada problema com clareza e de forma racional.

Foco: a atenção e seu papel fundamental para o sucesso

Foco: a atenção e seu papel fundamental para o sucesso

Daniel Goleman

Ed. Objetiva

Combinando pesquisa de ponta e descobertas práticas, Daniel Goleman mostra por que a base do sucesso em todas as áreas da vida é sua capacidade de ter foco. Segundo o autor, a atenção funciona de forma muito parecida com um músculo - se não o utilizamos, fica atrofiado; se o exercitamos, se desenvolve e se fortalece. Numa era de distrações intermináveis, Goleman argumenta que precisamos aprender a aprimorar nosso foco se quisermos prosperar no mundo complexo em que vivemos. Aqueles que alcançam rendimento máximo (seja nos estudos, nos negócios, nos esportes ou nas artes) são precisamente os que prestam atenção no que é mais importante para seu desempenho Foco é uma ferramenta essencial, é o que diferencia um especialista de um amador, um profissional de sucesso do funcionário mediano. Foco traz um olhar inovador sobre o segredo para o alto desempenho e a realização e mostra como a atenção tem um papel fundamental para o sucesso.

Fora de série

Fora de série

Malcolm Gladwell

Ed. Objetiva

Baseando-se na história de celebridades como Bill Gates, os Beatles e Mozart, Malcolm Gladwell procura mostrar que ninguém "se faz sozinho". Todos os que se destacam por uma atuação fenomenal são, invariavelmente, pessoas que se beneficiaram de oportunidades incríveis, vantagens ocultas e heranças culturais. Tiveram a chance de aprender, trabalhar duro e interagir com o mundo de uma forma singular. Esses são os indivíduos fora de série - os outliers. Para Gladwell, mais importante do que entender como são essas pessoas é saber qual é sua cultura, a época em que nasceram, quem são seus amigos, sua família e o local de origem de seus antepassados, pois tudo isso pode exercer um impacto no padrão de qualidade das realizações humanas. E ele pretende mencionar a história de sua própria família como exemplo disso. Outro dado apontado pelo autor é o fato de que, para se alcançar o nível de excelência em qualquer atividade e se tornar alguém altamente bem-sucedido, devem ser necessárias nada menos do que 10 mil horas de prática - o equivalente a três horas por dia (ou 20 horas por semana) de treinamento durante 10 anos. Com esta obra, o leitor poderá saber também de que maneira os legados culturais explicam questões interessantes, como o domínio que os asiáticos têm da matemática e o fato de o número de acidentes aéreos ser significativamente mais alto nos países onde as pessoas se encontram a uma distância muito grande do poder. Veja palestras do autor no TED em: www.ted.com/talks/malcolm_gladwell.html e www.ted.com/talks/malcolm_gladwell_on_spaghetti_sauce.html.

Gamestorming: jogos corporativos para mudar, inovar e quebrar regras

Gamestorming: jogos corporativos para mudar, inovar e quebrar regras

Dave Gray et alii

Ed. Alta Books

Este livro inclui mais de 80 jogos para ajudar o leitor a derrubar as barreiras, comunicar-se melhor e gerar novas ideias, intuições e estratégias. Os autores identificaram ferramentas e técnicas de alguns profissionais cujas equipes colaboram e fazem grandes coisas acontecerem.

Gamificar: como a gamificação motiva as pessoas a fazerem coisas extraordinárias

Gamificar: como a gamificação motiva as pessoas a fazerem coisas extraordinárias

Brian Burke

Ed. DVS

De modo geral, as organizações têm enfrentado uma crise de engajamento. Elas lutam para envolver todos os que têm interesse em torná-las bem-sucedidas - clientes, funcionários, pacientes, alunos, cidadãos e comunidades -, indivíduos cujo principal recurso é limitado e precioso: seu tempo. Não surpreende, portanto, que essas pessoas tenham desenvolvido escudos defletores que as protejam. Para penetrá-los e, assim, envolver seus públicos-alvo, as empresas precisam de um diferencial. A gamificação surgiu como um meio de garantir essa vantagem, e as organizações estão começando a perceber essa importante ferramenta dentro de sua estratégia de engajamento digital. Porém, embora a gamificação possua de fato um enorme potencial em termos de inovação, um grande número de companhias foi levado a acreditar que a simples implementação de design de jogos já funcione como uma espécie de elixir mágico para doutrinação e manipulação das massas; como algo capaz de fazer com que as empresas atinjam seus próprios objetivos. Todavia, essas organizações estão confundindo pessoas com marionetes e, neste caso, esses esforços claramente condenáveis estão fadados ao fracasso; na verdade, a Gartner prevê que 80% deles irão naufragar Brian Burke, analista da Gartner, vai além de todo esse alarde e se concentra nos 20% que estão fazendo a coisa certa. No livro Gamificar, ele nos mostra esse processo em funcionamento: com uma abordagem poderosa e capaz de envolver e motivar pessoas a atingirem suas metas, ao mesmo tempo em que alcançam os objetivos da empresa. A gamificação poder ser usada não apenas para incentivar as pessoas a mudarem seus comportamentos e desenvolverem novas habilidades, mas também para estimular a inovação. Além disso, o ponto central dos objetivos da gamificação é o espaço em que se alinham os objetivos comerciais e aqueles dos "jogadores". Como dois lados de uma mesma moeda, as metas dos participantes e das empresas podem até parecer dissimilares, mas, com frequência, representam a mesma coisa, só que expressa de maneiras distintas. A chave para o sucesso da gamificação é envolver as pessoas em um nível emocional, motivando-as a atingir seus próprios objetivos. Repleto com histórias de sucesso oriundas de todos os setores comerciais, o livro Gamificar representa um importante guia para empreendedores e líderes empresariais empenhados em iniciativas de gamificação. Essa obra explica de que maneira evitar armadilhas e introduzir as melhores práticas, garantindo a compreensão clara dessa nova e promissora estratégia de negócios.

Geração de valor futuro: conectando a estratégia, inovação e o futuro

Geração de valor futuro: conectando a estratégia, inovação e o futuro

Daniel Egger

Ed. Campus

O livro propõe que as empresas possam aproveitar "o futuro" para a criação de um modelo de negócio e execução da estratégia. Além de uma introdução sobre o futuro e uma explicação sobre os conceitos, o autor explorará um framework prático e visual que integra as áreas. Esse título é dedicado àqueles profissionais que se preocupam com a geração de valor futuro e em como tornar a gestão da estratégia mais ágil. Futurismo é um princípio básico da gestão empresarial. Até este momento, não há livros que conectam o mundo futuro à estratégia de hoje, ressaltando a importância da "gestão de visão" e do modelo de negócio. Escrito para ser um guia prático, a obra segue o modelo conceitual e visual de um "canvas", semelhante ao modelo de negócio do Osterwalder. O tema é pouco explorado hoje, mas cada vez mais passa a fazer parte, diretamente ou indiretamente, do planejamento estratégico de todas as empresas preocupadas com a construção do sucesso duradouro.

Gestão do conhecimento

Gestão do conhecimento

Fábio Câmara Araújo de Carvalho

Ed. Academia Pearson

Este livro contém - Perguntas introdutórias que buscam indicar os objetivos do capítulo e direcionar a leitura; Estudos de caso que apresentam situações reais a partir das quais o estudante pode traçar um paralelo entre a teoria e a prática; Matérias divulgadas na mídia que mostram como o conteúdo estudado está presente no cotidiano, e mais. Em "Gestão do conhecimento", esses pontos complementam uma abordagem que busca condensar todo o fundamento teórico do tema e apresenta uma perspectiva prática de identificação e desenvolvimento do conhecimento organizacional.

Gestão do conhecimento em organizações: proposta de mapeamento conceitual integrativo

Gestão do conhecimento em organizações: proposta de mapeamento conceitual integrativo

Rivadávia Correa Drummond de Alvarenga Neto

Ed. Saraiva

Este livro investiga a temática da Gestão do Conhecimento no contexto organizacional brasileiro, procurando discutir seu conceito, elementos constituintes, áreas fronteiriças e interfaces, bem como origens, cenários e perspectivas, práticas, abordagens gerenciais e ferramentas, dinâmica e demais aspectos, paralelamente ao distanciamento da discussão puramente terminológica, de viés ingênuo, ensimesmado e inócuo.

Gestão do conhecimento, capital intelectual e ativos intangíveis

Gestão do conhecimento, capital intelectual e ativos intangíveis

José Roberto Rezende (org).

Ed. Campus

O campo de estudo sobre o papel do Conhecimento e, em geral, dos Intangíveis como mecanismos norteadores de geração de valor para as organizações é relativamente novo e a melhor forma de explorá-lo é sem o uso de pretensas verdades científicas ou vícios de profissão.O que precisamos, como diria o Prof. Leif Edvinsson, é encontrar outras formas de navegar numa nova economia, com organizações mais adaptadas e dispostas a ir em busca de valor para além do resultado econômico. Os estudos apresentados no I Colóquio Brasileiro de Gestão do Conhecimento, Capital Intelectual e Ativos Intangíveis, aqui em parte retratados, trazem esse contexto de oportunidades, desafios e recursos ainda não perfeitamente caracterizados e geridos, porém fundamentais aos dias de hoje. Nesse sentido, acreditamos ter conseguido dialogar com pesquisadores e profissionais de mercado objetivando o desenvolvimento de conceitos, práticas, modelos e aplicações voltados para a criação de valor nas organizações brasileiras contemporâneas. É uma jornada nova, rica e interessante.

Gestão do conhecimento: a mudança de paradigmas empresariais no século XXI

Gestão do conhecimento: a mudança de paradigmas empresariais no século XXI

Rose Mary Juliano Longo et alii

Ed. Senac-SP

Inovar, esse é o imperativo, o fator que pode garantir a sobrevivência de uma empresa num mercado definitivamente incerto e agressivamente competitivo. Mas como inovar senão construindo a partir dos próprios colaboradores da empresa aquilo que pode vir a ser seu diferencial? A gestão do conhecimento parte do princípio de que todo o saber existente em uma empresa é composto não só daquele que pulsa no interior de seus diversos departamentos ou daquele que percorre as interconexões dos diferentes processos, mas também, e principalmente, daquele que existe na cabeça das pessoas. Essa é a nova perspectiva, a gestão estratégica desse conhecimento - uma filosofia gerencial que procura organizar esse conteúdo latente de modo a transformá-lo em vantagem competitiva para as instituições. Esta ação exige não apenas conhecimento do negócio, mas um intenso desenvolvimento das relações interpessoais, acuidade na visão estratégica e verdadeira prontidão para mudanças, tendo sempre em mente que "aprender a aprender" é tão importante quanto o que é aprendido.

Gestão e governança de dados: promovendo dados como ativo de valor nas empresas

Gestão e governança de dados: promovendo dados como ativo de valor nas empresas

Bérgson Lopes Rêgo

Ed. Brasport

Apoiada por organizações internacionais voltadas para o desenvolvimento dos assuntos ligados à Gestão de Dados, tais como o Data Governance Institute e a DAMA® - Data Management Association -, aos poucos a Gestão e Governança de Dados surge no mercado brasileiro de forma muito mais abrangente, englobando funções anteriormente esquecidas ou mal gerenciadas pelas organizações. Entre os assuntos abordados destacam-se - Conceitos básicos de Gestão de Dados Papéis, responsabilidades e formas de estruturação da disciplina Gestão de Dados nas empresas Conceitos básicos sobre Big Data Governança de Dados Visão geral do guia DAMA-DMBOK Modelagem de Dados Arquitetura de Dados Gestão de Dados Mestres e Referência Qualidade de Dados Gestão de Dados Moderna e suas boas práticas Desenvolvimento profissional e informações básicas sobre as certificações da área.

Gestão estratégica de mudanças corporativas: turnaround, a verdadeira destruição criativa

Gestão estratégica de mudanças corporativas: turnaround, a verdadeira destruição criativa

J. C. Aguilera e L. C. Lazarini

Ed. Saraiva

O livro traz as teorias de administração e mostra que seus conceitos mais importantes podem ser aplicados em situações de mudanças nas organizações. Trata-se de um material de consulta que possibilita uma visão sobre a evolução dos ciclos de negócios e mostrará como agir em mercados em transformação.

Grandes decisões sobre pessoas: por que são tão importantes, por que são tão difíceis e como você pode dominá-las a fundo

Grandes decisões sobre pessoas: por que são tão importantes, por que são tão difíceis e como você pode dominá-las a fundo

Claudio Fernández-Aráoz

Ed. DVS

Por trás das grandes organizações sempre há grandes pessoas. A capacidade de encontrar, contratar, integrar e reter pessoas competentes é, em todos os níveis de liderança, uma habilidade extremamente essencial - tanto para o sucesso da própria organização quanto para o sucesso pessoal. Todavia, para a maioria dos indivíduos, tomar grandes decisões é difícil, demorado e às vezes assustador. Poucos receberam treinamento formal para isso e, se não bastasse, existem também poucos recursos capazes de compensar essa falta de treinamento.

Ideias: 100 técnicas de criatividade

Ideias: 100 técnicas de criatividade

Guy Aznar

Ed. Summus

Esta obra apresenta diferentes escolas de criatividade e mostra como escolher as práticas adequadas para cada desafio. Ao longo do livro, Guy Aznar expõe - e ilustra com exemplos - técnicas de criatividade que podem ser utilizadas tanto em grupos quanto individualmente.

Imagens da organização

Imagens da organização

Gareth Morgan

Ed. Atlas

"Imagens da organização" é um tratado sobre o pensamento metafórico que contribui tanto para a teoria quanto para a prática da administração. Tem um ponto de vista em que a metáfora é crucial para a maneira como se entende e dá forma à vida organizacional. Neste livro, o administrador é levado a questionar e transformar seu modo de pensar sobre a organização e a administração.

Incrivelmente simples: a obsessão que levou a Apple ao sucesso

Incrivelmente simples: a obsessão que levou a Apple ao sucesso

Ken Segall

Ed. Campus

Este livro pretende apresentar uma perspectiva curiosa e profunda do mundo de Jobs, revelando os 10 elementos da Simplicidade que fundamentaram o histórico sucesso da Apple - e que o leitor poderá usar para direcionar a sua própria organização. Ken Segall visa mostrar a jornada da Apple em busca da Simplicidade com histórias dos bastidores da empresa. É uma leitura que pretende revelar como as empresas que alavancam seu poder conseguem se destacar da concorrência - e como as pessoas que dominam essa arte podem se transformar em ativos vitais para suas organizações. Por meio das observações, o autor explica como a obsessão de Jobs pela Simplicidade levou a Apple a um desempenho considerado melhor e mais rápido, chegando a poupar milhões no processo.

Inovação como  rotina

Inovação como rotina

Paddy Muller e Thomas Wedell-Wedellsborg

Ed. M.Books

Os especialistas em inovação Paddy Miller e Thomas Wedell-Wedellsborg sugerem uma abordagem melhor, eles recomendam que os líderes em todos os níveis se transformem em "arquitetos da inovação", criando um ecossistema no qual as pessoas adotem comportamentos fundamentais para a inovação como parte do seu trabalho diário.

Inteligência de mercado

Inteligência de mercado

Eduardo Maróstica

Ed. Cengage Learning

O que é inteligência de mercado? Quais as áreas de atuação? O que significa investir na estruturação da área de Inteligência? Que meios ela utiliza para garantir vantagem competitiva para a empresa? Essas e outras perguntas serão respondidas por este livro, que não só traz o conceito, como também enfoca oito dimensões organizadas e pautadas na gestão - estratégica, competitiva, antecipativa, financeira, de marketing, humana, tecnológica e em vendas. O estudo das inteligências é vital e relevante para o alcance dos resultados empresariais. Com base neste conceito, "Inteligência de mercado" apresenta um método prático e eficaz para criar, programar, desenvolver, monitorar e analisar o mundo dos negócios. É uma obra que propõe mecanismos inovadores para todos os profissionais de gestão.

Inteligência de mercado: conceitos, ferramentas e aplicações

Inteligência de mercado: conceitos, ferramentas e aplicações

Edilberto Camalionte e Adolfo Fonte

Ed. Saint Paul

"Inteligência de mercado - Conceitos, ferramentas e aplicações" procura fornecer ao leitor um panorama da inteligência de mercado. Apresenta os recursos que uma empresa pode utilizar para pôr em prática a inteligência conquistada. Os gestores, estudantes e entusiastas da inteligência poderão obterão informações para elaborar e implementar estratégias que gerem vantagens competitivas e sustentáveis não apenas para a organização, mas para as pessoas envolvidas.

Inteligência emocional 2.0: você sabe usar a sua?

Inteligência emocional 2.0: você sabe usar a sua?

Travis Bradberry e Jean Greaves

Ed. HSM

A velocidade com que as informações circulam e a quantidade de dados que precisamos armazenar são variáveis absurdas. Com o passar do tempo, aquilo que no passado nos servia para conseguir - e manter - uma posição de destaque em uma empresa foi cedendo espaço a novos conceitos. Hoje a inteligência emocional é um requisito básico para bons profissionais. Aplicar a inteligência emocional não só nas empresas, mas na vida, é extremamente importante e coloca quem a usa à frente dos demais. Não nos torna melhor do que ninguém, mas nos deixa mais bem-preparados para enfrentar os desafios e os prazos que nos afligem. Este livro aborda o tema de maneira didática e explicativa. A divisão dos capítulos vai nos guiar por um caminho de exercícios diários e muita disciplina para alcançarmos o objetivo. É um apoio importante para lidarmos com situações que, em muitas vezes, o pior oponente somos nós mesmos.

Jogar para vencer: como a estratégia realmente funciona

Jogar para vencer: como a estratégia realmente funciona

Roger L. Martin e A. G. Lafley

Ed. HSM

Você está só jogando ou está jogando para vencer? Construir uma estratégia vencedora é trabalho árduo, que requer das pessoas e das empresas a realização de escolhas específicas - algo que, no entanto, a maioria não faz. Dois dos mais conhecidos pensadores atuais da área de negócios vão ao cerne da estratégia, explicando para que serve, como pensar nela, por que é necessária e como implementá-la. E usam uma das mais bem-sucedidas reviravoltas corporativas do século passado, que eles conquistaram juntos, para provar seu ponto de vista. A. G. Lafley, CEO da Procter & Gamble, em parceria direta com o consultor em estratégia Roger L. Martin, dobrou as vendas da P&G, quadruplicou seus lucros e aumentou seu valor de mercado em mais de US$ 100 bilhões em apenas dez anos. Após anos de experiência e hoje de volta à P&G e na Rotman School of Management, da qual Martin é reitor, Lafley mostra como os líderes de organizações de todos os tamanhos podem orientar ações cotidianas com base em metas estratégicas mais amplas construídas em torno de elementos claros e essenciais que determinam o sucesso dos negócios - onde atuar e como vencer. O resultado é um manual para vencer. Lafley e Martin criaram um conjunto de cinco escolhas estratégicas que, quando abordadas de maneira integrada, vão colocá-lo à frente de seus concorrentes. São elas; - Qual é nossa ambição vencedora? - Onde vamos jogar? - Como vamos vencer? - Quais competências devemos ter para vencer? - Quais sistemas de gestão são necessários para embasar nossas escolhas? As histórias de como a P&G reiteradamente venceu ao aplicar esse método a marcas icônicas como Olay, Bounty, Gillette, Swiffer e Febreze ilustram com clareza como a decisão por uma abordagem estratégica - e as escolhas corretas para embasá-las - faz a diferença entre agir e realmente vencer.

Líderes visuais: novas ferramentas para visualizar e gerir mudanças organizacionais

Líderes visuais: novas ferramentas para visualizar e gerir mudanças organizacionais

David Sibbet

Ed. Alta Books

"Líderes Visuais" mostra como os líderes podem obter grandes vantagens da revolução visualização. Este livro apresenta o Modelo Sibbet/Le Saget de Organizações Sustentáveis para ser aplicado na organização que você precisa liderar ou mudar. Sete ferramentas essenciais ajudarão você a aumentar o QI visual de sua organização e aprimorar amplamente o entendimento e o empenho de todos que fazem parte dela. Estudos de caso mostram como líderes visuais trabalham com usuários de ferramentas visuais para alinhar organizações inteiras em novas estratégias. O livro está repleto de exemplos de comunicações visuais em diferentes formatos. Inclui visões gerais e insights sobre como usar as novas mídias digitais e mostra as ligações diretas entre metáforas, modelos mentais e estratégicas utilizadas para a comunicação dentro das empresas.

Liderança apreciativa

Liderança apreciativa

Diana Whitney, Amanda Trosten-Bloom e Kae Rader

Ed. Alta Books

A Investigação Apreciativa tornou-se uma das ferramentas de gerenciamento mais famosas nos negócios atuais. Sua premissa é simples, mas profunda: em vez de se concentrar no que está dando errado no local de trabalho, conheça e desenvolva aquilo que funciona. A Liderança Apreciativa mostra como se envolver completamente com a equipe por meio da investigação positiva e do diálogo aberto – de modo que todos se sintam incluídos e valorizados, inspirados e motivados... Preparados para juntos trabalharem a fim de vencer. Nesse guia de fácil assimilação você descobrirá novas técnicas empolgantes para iniciar discussões, trocar ideias, concordar com um plano e atuar de acordo com seus objetivos. Você aprenderá dicas simples sobre como manter sua equipe nos trilhos com uma atitude empreendedora. E você descobrirá novas formas satisfatórias de se envolver, apaixonar e estar presente.

Liderança: A força do temperamento

Liderança: A força do temperamento

Miguel Vizioli e Maria da Luz Calegari

Ed. Pearson

Por meio de um modelo, o livro mostra como o temperamento de cada indivíduo - seja ele Artesão, Guardião, Idealista ou Racional - interfere em sua atitude de líder. Além disso, a obra traz sugestões de filmes e leituras, bem como entrevistas com quatro líderes, cujas respostas evidenciam comportamentos típicos de seu temperamento, estabelecendo o equilíbrio entre teoria e prática.

Liderar a partir do futuro que emerge

Liderar a partir do futuro que emerge

Otto Scharmer

Ed. Campus

Entramos na Era da Desestabilização. Colapso financeiro, mudanças climáticas, exaustão de recursos e um abismo cada vez maior entre ricos e pobres são apenas alguns dos sinais. Neste livro, Otto Scharmer e Katrin Kaufer perguntam; por que criamos coletivamente resultados que ninguém quer? Resolver os desafios deste século requer a atualização do nosso sistema operacional e da nossa lógica econômica, desde um egossistema obsoleto totalmente focado no próprio bem-estar até a conscientização ecossistêmica que enfatiza o bem-estar do todo. Repleto de exemplos reais, este guia apresenta práticas comprovadas para construir uma nova economia mais adaptável, intencional, inclusiva e consciente.

Métodos PDCA e DMAIC e suas ferramentas analíticas

Métodos PDCA e DMAIC e suas ferramentas analíticas

Cristina Werkema

Ed. Campus

Esta obra procura discutir em detalhes os métodos gerenciais PDCA (Plan, Do, Check, Action) e DMAIC (Define, Measure, Analyze, Improve, Control), usados para o alcance de metas de melhoria dos resultados empresariais, e visa apresentar a estatística como a ciência que trata da coleta, do processamento e da disposição de dados necessários à prática de ambos os métodos.

Mais rápido, barato e melhor: determine o sucesso dos negócios alinhando processos organizacionais à estratégia

Mais rápido, barato e melhor: determine o sucesso dos negócios alinhando processos organizacionais à estratégia

Michael Hammer e Lisa Hershman

Ed. Campus

Com base em pesquisas para entender os elementos básicos da execução do trabalho em empresas de diferentes setores - de refinarias de petróleo a desenvolvedores de software e hospitais -, esta obra pretende mostrar como utilizar o poder dos processos de ponta a ponta para obter lucro e competitividade.

Manual da CEO: as estratégias essenciais das mulheres bem-sucedidas

Manual da CEO: as estratégias essenciais das mulheres bem-sucedidas

Sharon Hadary e Laura Henderson

Ed. Saraiva

Quais são as qualidades mais importantes para as mulheres em posições de poder? Quais os grandes desafios para liderar homens, mulheres ou grupos mistos? Como preparar equipes para mudanças, criar respeito, motivar equipes e instaurar um conceito novo num universo ainda de pensamento masculino? As mulheres estão cada vez mais assumindo cargos de liderança, mas ainda este cenário é desproporcional e o caminho continua a ser trilhado pelo mesmo pensamento masculino. Isso pode funcionar um pouco, mas será que não é a hora de aprender a usar suas habilidades femininas? Este livro oferece às mulheres informações sobre como se tornar uma grande líder. Este é um livro que traz a experiência real, de como lidar em posições de gestão e, sobretudo, para que esta oportunidade a leve cada vez mais a um patamar de aprendizado e crescimento profissional, sem se perder nos erros e armadilhas do mundo corporativo. Chegou a hora de ganhar a confiança e os conhecimentos necessários para ascender no mundo dos negócios!

Manual de antiautoajuda: felicidade para quem não consegue pensar positivo

Manual de antiautoajuda: felicidade para quem não consegue pensar positivo

Oliver Burkemar

Ed. Paralela

Para uma civilização tão obcecada em alcançar a felicidade, somos incrivelmente incompetentes nisso. Talvez não seja preciso dizer que livros de autoajuda, a apoteose moderna da busca pela felicidade, não estão entre as coisas que nos tornam mais felizes. Contrariando a tradição dos livros de autoajuda, nos quais o "pensamento positivo" frequentemente toma o lugar central do texto, Oliver Burkeman mostra ao leitor como pensar na felicidade pela via oposta. De maneira leve, sábia e irônica, essa leitura vai enriquecê-lo - e torná-lo um pouco mais feliz.

Mapas mentais no trabalho: como ser o melhor na sua profissão e ainda ter tempo para o lazer

Mapas mentais no trabalho: como ser o melhor na sua profissão e ainda ter tempo para o lazer

Tony Buzan

Ed. Cultrix

Este livro irá ajudá-lo a liberar o seu potencial criativo. Isso enriquecerá a sua vida e lhe trará sucesso e satisfação tanto no trabalho como em casa, valorizando sua profissão, seus colegas e o tempo para o seu lazer.

Marketing e comunicação na era pós-digital: as regras mudaram

Marketing e comunicação na era pós-digital: as regras mudaram

Walter Longo

Ed. HSM

Uma nova era da sociedade de consumo está em curso, transformando novamente as relações entre marcas e pessoas, empresas e comunidades, gestores e colaboradores. Mas afinal o que é era pós-digital? Estamos vivendo um novo momento em que a novidade virou commodity e o que fascinava ou amedrontava é lugar-comum. A era pós-digital veio para questionar as velhas certezas e colocar sistemas inteiros de pensamento corporativo do avesso. Mais do que aprender coisas novas, precisamos esquecer tudo o que sabemos. Nesse contexto, novos desafios surgem para os líderes e gestores de comunicação, marketing e publicidade. Este livro é para esses profissionais, que precisam entender as mudanças que afetam a sociedade e seus hábitos de consumo, e buscam conduzir estratégias para o melhor desempenho presente e futuro. Walter Longo apresenta com maestria ideias, dados relevantes, cases e conceitos interessantes que servirão de inspiração para esses profissionais. Este livro é também ótima opção de leitura para estudiosos e, por que não, curiosos sobre marketing e estratégia.

Maus conselhos: uma armadilha gerencial

Maus conselhos: uma armadilha gerencial

Chris Argyris

Ed. Bookman

Vender conselhos é um dos grandes negócios do nosso tempo. Chris Argyris, um dos principais pensadores organizacionais da atualidade, revê uma série de conselhos dos melhores e mais brilhantes pensadores e consultores, e conclui que, por mais que suas ideias sejam atraentes, a maioria desses conselhos simplesmente não é viável, em razão de lacunas lógicas e inconsistências. Nesta obra, o autor mostra como ser mais crítico com relação aos conselhos recebidos, como aprender novos métodos para avaliar o desempenho de funcionários e como gerar um comprometimento interno com valores e uma estratégia melhor.

Mesh: porque o futuro dos negócios é compartilhar

Mesh: porque o futuro dos negócios é compartilhar

Lisa Ganski

Ed. Alta Books

Negócios tradicionais seguem uma fórmula simples: criar um produto ou serviço, vendê-lo, coletar o dinheiro. Contudo, nos últimos anos, um modelo fundamentalmente diferente criou raízes no qual os consumidores possuem mais opções, mais ferramentas, mais informações e mais poder direto. A pioneira empresária Lisa Gansky dá a isso o nome de Mesh e revela por que isso logo dominará o futuro dos negócios.

Mindset: a atitude mental para o sucesso

Mindset: a atitude mental para o sucesso

Carol S. Dweck

Ed. Vogais Portugal

Existem dois tipos de atitudes mentais - e só uma leva ao sucesso. Carol S. Dweck, professora de Psicologia na Universidade de Stanford e especialista internacional em sucesso e motivação, desenvolveu nas suas investigações, ao longo das últimas décadas, uma ideia verdadeiramente inovadora - o poder e influência do nosso mindset, a atitude mental com que abordamos a vida, influencia decisivamente o êxito pessoal e profissional. Segundo a autora, a atitude mental não é um mero traço de personalidade: na verdade, é a explicação de como nos tornamos otimistas ou pessimistas, e define os nossos objetivos, a nossa abordagem ao trabalho e às relações sociais e a forma como educamos os nossos filhos. É, por isso, um fator decisivo para que qualquer pessoa consiga cumprir todo o seu potencial. Existem dois tipos fundamentais de atitudes mentais: a fixa e a progressiva. Os que têm a primeira acreditam que o talento e as capacidades são definidos à partida e não se alteram ao longo da vida. Este é o caminho para a estagnação e a desmotivação. Por outro lado, os que têm uma atitude mental progressiva acreditam que o talento pode ser desenvolvido, com tempo e persistência. Este é o caminho da oportunidade - e do sucesso. Neste livro, Carol Dweck mostra, de forma muito prática e simples, como é possível fomentar uma atitude mental progressiva em qualquer altura da vida, potenciando a autoestima, a motivação e a capacidade de concentração, e gerando resiliência e paixão pela aprendizagem - a base dos grandes feitos em todas as áreas.

Modelagem da organização: uma visão integrada

Modelagem da organização: uma visão integrada

Fábio Müller Guerrini et alii

Ed. Bookman

A proposta deste livro é tratar a Teoria das Organizações e a modelagem organizacional de forma integrada, evidenciando a sua vinculação. Adota a metodologia do EKD, que prescinde da utilização de software e permite a captura de requisitos organizacionais para o desenvolvimento de sistemas de informação, a partir da elaboração dos modelos de objetivos, regras de negócio, processos de negócio, atores e recursos, conceitos e componentes e requisitos técnicos.

Motivação 3.0

Motivação 3.0

Daniel Pink

Ed. Campus

Neste livro, o autor defende que a motivação à base de recompensas e punições já não é mais eficiente, e que os fatores motivacionais vêm de dentro de cada um. É o legado deixado no mundo e o nível de satisfação pessoal e profissional que faz as pessoas buscarem um melhor desempenho e resultado no que se propõem a fazer. Este livro procura ensinar o leitor a usar esses princípios.

Não acredite em tudo que você pensa: os 6 erros básicos que cometemos quando pensamos

Não acredite em tudo que você pensa: os 6 erros básicos que cometemos quando pensamos

Thomas E. Kida

Ed. Campus

Como podemos determinar a diferença entre aquilo que é verdadeiro ou falso? "Não acredite em tudo o que você pensa" tem a resposta para essa pergunta. Por meio de seis erros que cometemos quando pensamos, o autor explica os deslizes mentais que praticamos e que nos atormentam com freqüência. A obra está repleta de exemplos tirados de acontecimentos corriqueiros e é altamente recomendada para qualquer pessoa interessada em aprender a enfrentar a vida com uma mente mais descansada.

Nascimento da era caórdica

Nascimento da era caórdica

Dee Hock

Ed. Cultrix

"Nascimento da Era Caórdica" apresenta a história de Dee Hock, desde a sua origem até se tornar um iconoclasta que desafiou a natureza da administração, das organizações tradicionais e de um empreendedor que criou outro conceito de organização.

Neuroeconomia e processo decisório: de que maneira o seu cérebro toma decisões

Neuroeconomia e processo decisório: de que maneira o seu cérebro toma decisões

Armando Freitas da Rocha e Fábio Theoto Rocha

Ed. LTC

Neuroeconomia e Processo Decisório ? De Que Maneira o seu Cérebro Toma Decisões? é uma obra abrangente e didática que oferece as ferramentas de conhecimento para estudantes e profissionais de diversas áreas das ciências humanas. Além de abordar tópicos básicos em neurociências e economia, que servem de alicerce ao aprendizado, este livro apresenta os principais modelos de tomada de decisão em economia e a aplicação dos referidos tópicos ao estudo da neuroeconomia para modelagem do mercado de capitais. Estas são ferramentas valiosas, imprescindíveis para todos aqueles que buscam se atualizar profissionalmente, mantendo-se sempre a par dos avanços em uma área relativamente nova e em crescimento.

No encalço das líderes: como as líderes de mercado batem a concorrência e como as empresas competentes podem reagir e vencer

No encalço das líderes: como as líderes de mercado batem a concorrência e como as empresas competentes podem reagir e vencer

Steven J. Spear

Ed. Bookman

Neste livro, Steven J. Spear descreve o que diferencia as velozes organizações líderes de mercado. O autor foi trabalhar nas empresas citadas na obra, para entender como as pessoas pensam quando projetam e melhoram um processo.

Novos negócios inovadores de crescimento empreendedor no Brasil

Novos negócios inovadores de crescimento empreendedor no Brasil

Silvio Meira

Ed. Casa da Palavra

Apoiada por organizações internacionais voltadas para o desenvolvimento dos assuntos ligados à Gestão de Dados, tais como o Data Governance Institute e a DAMA® - Data Management Association -, aos poucos a Gestão e Governança de Dados surge no mercado brasileiro de forma muito mais abrangente, englobando funções anteriormente esquecidas ou mal gerenciadas pelas organizações. Entre os assuntos abordados destacam-se - Conceitos básicos de Gestão de Dados Papéis, responsabilidades e formas de estruturação da disciplina Gestão de Dados nas empresas Conceitos básicos sobre Big Data Governança de Dados Visão geral do guia DAMA-DMBOK Modelagem de Dados Arquitetura de Dados Gestão de Dados Mestres e Referência Qualidade de Dados Gestão de Dados Moderna e suas boas práticas Desenvolvimento profissional e informações básicas sobre as certificações da área.

Nudge: o empurrão para a escolha certa

Nudge: o empurrão para a escolha certa

Richard Thaler e Cass Sunstein

Ed. Campus

Os autores mostram que, sabendo como as pessoas pensam, é possível se estabelecer uma "arquitetura da escolha", que facilita o reconhecimento das melhores opções. Nossos erros nos tornam mais pobres e menos saudáveis; muitas vezes, tomamos decisões ruins que envolvem educação, finanças pessoais, cuidados com a saúde, hipotecas e cartões de crédito, a família e até mesmo o próprio planeta. O livro traz uma discussão inovadora sobre como podemos aplicar a nova ciência da arquitetura de escolhas para guiar as pessoas rumo a direções que irão melhorar suas vidas tornando-as mais saudáveis, ricas e livres.

O World Café

O World Café

Juanita Brown e David Isaacs

Ed. Cultrix

O "World café" é um processo flexível, sensível e poderoso para gerar diálogos colaborativos entre os indivíduos, nos quais eles podem compartilhar seus conhecimentos e descobrir novas oportunidades de ação conjunta. Baseado nos sistemas vivos, este enfoque inovador cria redes dinâmicas de conversação que acessam e aproveitam a inteligência coletiva de organizações e comunidades para responder a perguntas significativas. Repleto de histórias verídicas sobre diálogos de café travados em empresas, governos e organizações comunitárias ao redor do mundo, este livro demonstra como o "World café" pode adaptar-se a qualquer contexto, ambiente ou cultura.

O andar do bêbado: como o acaso determina nossas vidas

O andar do bêbado: como o acaso determina nossas vidas

Leonard Mlodinow

Ed. Zahar

Citando exemplos e pesquisas presentes em diferentes âmbitos da vida, do mercado financeiro aos esportes, de Hollywood à medicina, o autor apresenta ferramentas para identificar os indícios do acaso, procurando ajudar o leitor a fazer escolhas mais acertadas e a conviver melhor com fatores que ele não pode controlar.

O animal social: a história de como o sucesso acontece

O animal social: a história de como o sucesso acontece

David Brooks

Ed. Objetiva

David Brooks entrelaça, em uma narrativa reveladora, uma vasta coleção de novas pesquisas com as vidas de dois personagens ficcionais, Harold e Erica, acompanhando-os da infância à velhice. Ao fazer isso, revela uma nova e fundamental compreensão da natureza humana. Ele traça uma inovadora definição do sucesso ressaltando o que os economistas chamam de habilidades não cognitivas - aquelas qualidades ocultas que não podem ser facilmente contadas ou medidas, mas que levam, de fato, a uma vida de felicidade e realização. Uma aventura intelectual emocionante e cheia de nuances, a obra é um livro essencial para os nossos tempos e que mudará a maneira como nos vemos no mundo.

O apresentador nu: realizando apresentações eficazes com ou sem slides

O apresentador nu: realizando apresentações eficazes com ou sem slides

Garr Reynolds

Ed. Alta Books

O Apresentador Nu concentra-se na realização depois de abordar brevemente assuntos relacionados à preparação. Inspirado pelo onsen japonês, pela ideia do hadaka no tsukiai — daí o título — e pela estética zen japonesa, que confere grande importância no aprendizado com a natureza, a essência deste livro é a naturalidade. Assim, as ideias simples apresentadas têm por objetivo ajudá-lo a realizar não apenas conexões naturais com seu público, mas também poderosas apresentações que sejam eficazes e lembradas. Este livro é para aqueles com desejo profundo de melhorar suas apresentações, elevando substancialmente o nível de engajamento que criam com uma plateia. Muitas pessoas precisam ficar em pé e fazer apresentações, mas este livro é especificamente destinado para as pessoas que podem já estar confortáveis criando visuais, mas, ainda assim, têm um profundo desejo de refinar suas capacidades e suas habilidades de realização para conectarem-se com o público.

O cérebro consumista: conheça os segredos mais bem guardados para vender para a mente subconsciente

O cérebro consumista: conheça os segredos mais bem guardados para vender para a mente subconsciente

A. K. Pradeep

Ed. Cultrix

"O Cérebro Consumista" pretende analisar como a neurociência pode influenciar a maneira de agir, comprar, vender e usufruir, bem como a forma como esse conhecimento pode melhorar a vida dos consumidores de modo geral. Este livro busca abordar assuntos de desenvolvimento de produtos e embalagens até o marketing nos pontos de venda.

O código da personalidade

O código da personalidade

Travis Bradberry

Ed. Sextante

Neste livro, Travis Bradberry, especialista no estudo das características comportamentais, explica a influência dos traços de personalidade sobre o que é feito no cotidiano e explica que, como não é possível mudar seu perfil, conhecer a si mesmo e tirar proveito de qualidades é a única maneira de usá-lo a seu favor. Bradberry constatou que as pessoas que conhecem seus pontos fortes e fracos têm maior probabilidade de aproveitar as oportunidades, se relacionar melhor com os outros, encontrar satisfação no trabalho e atingir os resultados desejados. Com base em um estudo realizado com 500 mil pessoas no mundo inteiro, Bradberry criou um modelo de fácil consulta aos 14 tipos de personalidade, além de um teste na internet, para que o leitor descubra em que perfil se encaixa. Assim, o leitor terá informações sobre seus talentos e suas dificuldades e os tipos de pessoas com que tem mais sinergia.

O corpo fala ilustrado: gestos reveladores e sinais eficazes

O corpo fala ilustrado: gestos reveladores e sinais eficazes

Monica Matsching

Ed. Vozes

"O Corpo Fala Ilustrado" mostra que as palavras podem enganar, mas o corpo revela os verdadeiros sentimentos e pensamentos, pois ele é o espelho da alma. Segundo a autora, é possível fazer a leitura do seu estado emocional por meio do comportamento e, adotando diferentes posturas, você pode alterar esse estado emocional. Seguindo as ilustrações presentes no livro, você pode aprender a ter uma atitude convincente, empregando os seus sinais corporais com objetividade.

O corpo fala nos negócios: como decifrar as pessoas e transmitir mensagens eficazes com os segredos da linguagem corporal

O corpo fala nos negócios: como decifrar as pessoas e transmitir mensagens eficazes com os segredos da linguagem corporal

Adrian Furnham e Evgeniya Petrova

Ed. Gente

O Corpo Fala nos Negócios é um livro que busca revelar os segredos da linguagem não verbal para líderes, palestrantes, políticos, executivos e para todos os que pretendem evoluir e vencer no mundo dos negócios com um diferencial competitivo. Escrito por Adrian Furnham e Evgeniya Petrova, este livro explica e fundamenta cientificamente como funciona a comunicação corporal. Além disso, procura traduzir esse conhecimento para o mundo dos negócios e do trabalho, deixando o leitor apto a decifrar os sinais corporais e transmitir mensagens favoráveis em situações de vendas, negociações, palestras, apresentações, entrevistas, reuniões e campanhas políticas.

O culto do amador: como blogs, MySpace, YouTube e a pirataria digital estão destruindo nossa economia, cultura e valores

O culto do amador: como blogs, MySpace, YouTube e a pirataria digital estão destruindo nossa economia, cultura e valores

Andrew Keen

Ed. Zahar

É a celebração do amadorismo. Qualquer um, por mais mal-informado que seja, pode publicar um blog, postar um vídeo no YouTube ou alterar um verbete na Wikipédia. Esse anonimato da web põe em dúvida a confiabilidade da informação. E a distinção entre especialista e amador torna-se cada vez mais ambígua. A pirataria digital já devastou a multibilionária indústria fonográfica e ameaça a indústria do cinema e a do livro.

O design do futuro

O design do futuro

Donald A. Norman

Ed. Rocco

Neste livro, partindo de estudos e exemplos, Norman reflete sobre a relação do homem com a tecnologia. Para o autor, a chave para o melhor uso das tecnologias está em priorizar o fator humano na hora de projetar aparelhos que devem facilitar o cotidiano das pessoas em vez de torná-las reféns de suas próprias criações.

O efeito Médici: como realizar descobertas revolucionárias na interseção de ideias, conceitos e culturas

O efeito Médici: como realizar descobertas revolucionárias na interseção de ideias, conceitos e culturas

Frans Johansson

Ed. Best-Seller

"O Efeito Medici" apresenta histórias sobre interseções entre campos tão diversos quanto ciência, negócios, arte e política. A partir de diversos exemplos, a obra aborda a importância de romper barreiras associativas e avaliar problemas sob novas perspectivas, combinar aleatoriamente, mas de forma objetiva, conceitos diversos, afastar-se de redes conhecidas e se aventurar pelas desconhecidas e ir além dos fracassos para fazer as idéias intersecionais acontecerem.

O executivo e sua tribo: lidere sua tribo corporativa e maximize a produtividade e o lucro da empresa

O executivo e sua tribo: lidere sua tribo corporativa e maximize a produtividade e o lucro da empresa

Dave Logan, John King e Alee Fischer-Wright

Ed. Planeta

O relacionamento entre as chefias e as tribos pode explicar por que grandes empresários frequentemente fracassam em um novo ambiente ou o que leva líderes "medianos" a parecerem melhores do que realmente são. Ou, ainda, por que boas estratégias muitas vezes falham na prática. As divisões e companhias comandadas por líderes tribais estabelecem o padrão de desempenho - desde a produtividade e a lucratividade até a retenção do empregado. Os líderes tribais são ímãs de talento, com pessoas tão ansiosas para trabalhar para eles que aceitariam até uma redução de salário, se necessário.

O filtro invisível: O que a internet está escondendo de você

O filtro invisível: O que a internet está escondendo de você

Eli Pariser

Ed. Zahar

A fim de conhecer melhor seus usuários - e com isso conseguir vender para eles anúncios publicitários dirigidos -, as corporações que atuam on-line, como Facebook, Amazon e Google, criaram algoritmos que filtram toda a informação que as pessoas recebem por meio de seus serviços. Ao registrar o histórico na internet, esses sites constroem perfis de cada usuário. Ao buscar um filme, aparece sempre o mesmo gênero; ao procurar informações sobre política, as pessoas têm acesso apenas àquelas que confirmam seus pontos de vista. "O filtro invisível" busca explicar como essas bolhas funcionam, mas também conclama usuários e empresas a lutar por uma web verdadeiramente aberta. Veja a palestra do autor no TED em www.ted.com/talks/eli_pariser_beware_online_filter_bubbles.html.

O fim da vantagem competitiva

O fim da vantagem competitiva

Rita McGrath

Ed. Campus

É bem provável que as estratégias que funcionaram bem até alguns poucos anos atrás não estejam mais trazendo aos resultados de que você precisa. Mudanças drásticas nos negócios levaram a uma grande lacuna entre abordagens tradicionais à estratégia e o mundo real de agora. A estratégia está num beco sem saída. A maioria dos líderes continua usando modelos concebidos para uma época diferente e fundamentados em uma única ideia dominante- que o objetivo da estratégia é atingir a vantagem competitiva sustentável. Essa noção, outrora a premissa com base na qual todas as estratégias eram elaboradas, está se tornando cada vez mais irrelevante. Rita Gunther McGrath, professora da Columbia Business School e especialista em estratégia internacionalmente reconhecida, argumenta que agora é a hora de transcender o conceito da vantagem competitiva sustentável. As organizações precisam aprender a construir um novo caminho para a vitória identificando oportunidades rapidamente, explorando-as com decisão e partindo para a próxima antes mesmo de elas se exaurirem. Neste livro, a autora mostra como fazer isso com um novo conjunto de práticas fundamentadas na noção da vantagem competitiva transitória.

O futuro dos negócios nos mercados emergentes

O futuro dos negócios nos mercados emergentes

Nenad Pacek

Ed. Campus

Este livro versa sobre dois temas. Primeiro, trata do que as empresas devem fazer para serem bem-sucedidas nos mercados emergentes do futuro. Segundo, ajuda os executivos a compreender as perspectivas de várias partes do mundo. Pacek divide o livro em várias seções que descrevem o que as empresas precisam fazer hoje para superarem os concorrentes nos mercados emergentes, de maneira sustentável: megatendências econômicas e empresariais no ambiente externo; fundamentos estratégicos e estruturais do sucesso duradouro; questões de excelência em marketing; temas de recursos humanos; aquisições como maneira de promover o crescimento da empresa; dicas para a sobrevivência e para o avanço dos executivos; melhores práticas para empresas de médio porte; e perspectivas econômicas estratégicas para regiões e mercados selecionados. Os capítulos têm por objetivo evitar a ocorrência de histórias de terror em práticas de negócios; lançar luz sobre as novas complexidades dos negócios internacionais; e, em última instância, desbravar o caminho para o sucesso no contexto complexo dos mercados emergentes no futuro. Embora este livro, em parte, analise as mudanças externas que impactam as empresas atuantes em mercados emergentes, seu principal objetivo é examinar o que as empresas devem fazer agora para serem bem-sucedidas nos mercados emergentes nas próximas décadas e no futuro mais distante. Trata-se de uma leitura voltada para quem pretende acelerar o crescimento das vendas nos mercados emergentes, de maneira sustentável, e para quem almeja construir posições de mercado fortes.

O guia completo do storytelling

O guia completo do storytelling

Fernando Palacios e Martha Terenzo

Ed. Alta Books

Contar histórias é o primeiro e principal método de transmissão de conhecimento da humanidade. A novidade não é o Storytelling em si, mas suas formas de uso, com metodologias claras e técnicas que possam ser aplicadas pelos mais diversos profissionais. Story: é a construção mental feita de memórias e imaginações que cada pessoa tem sobre uma determinada história. Telling: é uma versão da história expressa por um narrador, seja em forma de texto, roteiro ou relato, e depois ganha vida por meio de atuações, filmagens e publicações. Com este livro você aprenderá por meio de conceitos, técnicas e cases como apresentar um projeto, disseminar uma ideia, construir uma marca, alavancar vendas, enfim, cativar os olhos dos leitores e os ouvidos da audiência através da emoção que só as histórias são capazes de despertar. Este livro aprofundará o Storytelling sob seus diversos pontos de vista e assim instrumentalizará o leitor em diversas habilidades: - Objetivos empresariais e táticas de Storytelling - Apresentações - Plataforma de estratégia mercadológica - Memória corporativa - Corporate Storytelling: Exotelling e Endotelling - Patrimônio ativo da empresa Por que ler este livro? O objetivo deste livro é permitir que você consiga aquilo que os contadores de histórias já fazem há tempos: capturar a atenção do público, seja ele o seu consumidor, empregador, comprador ou colaborador. Em um mundo pautado pelo excesso de canais, tecnologia e informações, é prioridade repensar o modo de gerenciar uma marca e como ela influencia uma categoria e setor.

O inovador modelo japonês de gestão do conhecimento

O inovador modelo japonês de gestão do conhecimento

Pierre Fayard

Ed. Bookman

Este livro apresenta os componentes culturais do modelo japonês de gestão do conhecimento, além de casos práticos de empresas japonesas.

O melhor ataque é a execução: como transformar planejamento em ações efetivas

O melhor ataque é a execução: como transformar planejamento em ações efetivas

Stephen Bungay

Ed. Campus

Com base em conhecimento do autor em campanhas militares históricas, este livro pretende mostrar uma abordagem à maneira como os gestores podem converter o planejamento em execução e a execução em resultados. Steve Bungay tem o intuito de lançar um olhar sobre o Exército Prussiano do século 19, salientando os princípios fundamentais da liderança usados nos campos de batalha e os inserindo no contexto das empresas modernas.

O mundo é dos incompetentes: 7 estratégias para acelerar a sua chegada ao topo

O mundo é dos incompetentes: 7 estratégias para acelerar a sua chegada ao topo

Brendan Reid

Ed. Benvirá

Como executivos considerados incompetentes conseguem conquistar cargos tão altos? Em algum momento da sua carreira, você certamente já se fez essa pergunta. Assim como Brendan Reid, autor deste livro. Quando iniciou sua vida profissional, Brendan estava certo de que teria uma trajetória brilhante pela frente. Tinha boa formação acadêmica, era apaixonado pelo que fazia e, modéstia à parte, bastante talentoso. Para ele, como para a grande maioria de nós, o segredo do sucesso estava na inteligência, na dedicação ao trabalho e na busca constante por resultados. No entanto, depois de alguns anos, ele se viu completamente estagnado, enquanto seus colegas incompetentes ascendiam meteoricamente. Brendan resolveu parar de criticá-los e buscar entender por que aqueles espertinhos estavam se dando tão bem. Depois de anos de pesquisa, ele conseguiu definir sete estratégias nada convencionais, mas cruciais, para o sucesso profissional nunca seja passional com suas ideias, abrace as mudanças odiadas por todos, aprenda a promover seus projetos, evite a farsa da orientação para resultados, não faça parte do rebanho, procure grandes problemas para solucionar e nunca responsabilize os outros. Todas elas são explicadas em detalhes neste livro. Depois de defini-las, Reid entendeu, de uma vez por todas, que, se participasse do jogo-padrão, nunca teria chance de progredir. Em O mundo é dos incompetentes, ele sugere que você junte essas estratégias adversas ao seu talento e à sua inteligência. Este, sim, é o plano perfeito e fará de você um profissional imbatível!

O novo social learning: como transformar as empresas com aprendizagem em rede

O novo social learning: como transformar as empresas com aprendizagem em rede

Tony Bingham e Márcia Conner

Ed. Évora

Além da onda, das palavras da moda e de todo o valor que está no entretenimento de se reconectar a velhos amigos, as pessoas em organizações ao redor do mundo podem usar as mídias sociais para colaborar e aprender. O modelo clássico de negócio pressupõe que a informação relevante é criada e partilhada por meio tanto da gestão quanto do treinamento. Mas o modelo clássico não é mais visto como suficiente - há coisas demais a conhecer e aprender, pouco tempo para formar um ponto de vista, e a informação muda rápido demais para ser transmitida. A habilidade inerente de aprender em conjunto pode ser facilitada pelas tecnologias emergentes que estendem, alargam e aprofundam o alcance. Mais do que qualquer outra tecnologia, as mídias sociais buscam permitir que as pessoas abracem as necessidades de mudar a demografia do ambiente de trabalho e possibilitam que pessoas de todas as idades aprendam da maneira mais confortável e conveniente para elas. Este livro é indicado para as pessoas que estão particularmente interessadas em como a mídia social pode ajudar as pessoas nas organizações a aprender mais rapidamente, inovar mais depressa, compartilhar conhecimento e interagir com colegas, parceiros de negócios e clientes.

O paradoxo do tempo

O paradoxo do tempo

Philip Zimbardo e John Boyd

Ed. Fontanar

Em "O Paradoxo do Tempo", os autores, que passaram anos estudando a psicologia do tempo, apresentam dados científicos e histórias que ajudam o leitor a compreender como o tempo afeta o ritmo de vidas e do mundo.
Veja palestras dos autores no TED em: www.ted.com/talks/philip_zimbardo_prescribes_a_healthy_take_on_time.html, www.ted.com/talks/philip_zimbardo_on_the_psychology_of_evil.html e www.ted.com/talks/zimchallenge.html.

O poder do hábito: Por que fazemos o que fazemos na vida e nos negócios

O poder do hábito: Por que fazemos o que fazemos na vida e nos negócios

Charles Duhigg

Ed. Objetiva

Segundo o autor, a chave para se exercitar regularmente, perder peso, educar os filhos, tornar-se mais produtivo, criar empresas revolucionárias e alcançar o sucesso é entender como os hábitos funcionam. Ele procura mostrar que, ao dominar esta ciência, todos podem transformar suas empresas e suas vidas.

O poder dos modelos replicáveis: a construção de negócios duradouros em um mundo em transformação

O poder dos modelos replicáveis: a construção de negócios duradouros em um mundo em transformação

Chris Zook e James Allen

Ed. Campus

Neste livro os autores afirmam que as empresas bem-sucedidas mantêm a simplicidade como base de seu core business. Tais companhias não descartam o modelo de negócios de sucesso procurando uma simples renovação. Pelo contrário, procuram construir um "modelo de negócio repetível", que permite uma melhora contínua dos processos e adaptação às mudanças sem sucumbirem à complexidade de novos modelos. Com base em estudos, abrangendo mais de 200 empresas, Zook e Allen mostram como algumas das empresas mais conhecidas do mundo combinam um modelo de diferenciação central com a velocidade, a adaptabilidade e a simplicidade, para erguê-las ao topo, durante longos períodos. Entre essas empresas se incluem Apple, Danaher, DaVita, IKEA, NIKE, Olam, Tetra Pak e Vanguard. Os autores dão destaque também para a empresa de bens brasileiros Ambev, igualmente pesquisada por eles.

O poder dos quietos

O poder dos quietos

Susan Cain

Ed. Agir

Com argumentos que buscam ser cativantes, uma extensa pesquisa e repleto de histórias reais, "O poder dos quietos" mostra como os tímidos e introvertidos são subvalorizados, e como pode-se perder com isso. Partindo da ascensão do Ideal da Extroversão no século XX, Susan Cain questiona os valores dominantes no mundo empresarial moderno, no qual a colaboração forçada pode bloquear o caminho da inovação e no qual o potencial de liderança dos introvertidos é frequentemente negligenciado. A autora apresenta histórias de introvertidos de sucesso e procura oferecer conselhos sobre como os tímidos podem tirar vantagem das suas características.
Veja a palestra da autora no TED 2012 em: http://www.ted.com/talks/lang/en/susan_cain_the_power_of_introverts.html.

O princípio 80/20: os segredos para conseguir mais com menos nos negócios e na vida

O princípio 80/20: os segredos para conseguir mais com menos nos negócios e na vida

Richard Koch

Ed. Gutenberg

No século XIX, o economista italiano Vilfredo Pareto descobriu que havia um padrão na distribuição da riqueza mundial: 20% das pessoas tinham 80% do dinheiro e vice-versa, o que ficou conhecido como Lei de Pareto. No fim do século XX, o autor Richard Koch viu em suas pesquisas que o princípio 80/20 podia ser encontrado em quase todos os aspectos da vida moderna: em geral, 20% do que se faz produz 80% do resultado total (e 80% do que é feito pode não gerar tanto resultado). Neste clássico livro, lançado agora pela Editora Gutenberg em nova edição ampliada e atualizada, Koch ajuda a identificar quais são os 20% essenciais que vão criar os resultados significantes, para você obter mais de seu negócio e de sua própria vida, utilizando menos tempo, dinheiro, recursos e energia e conseguindo muito mais.

O processo da mudança: ferramentas para ser um profissional preparado para as transformações

O processo da mudança: ferramentas para ser um profissional preparado para as transformações

Robert Quinn

Ed. Campus

O processo da mudança contém muitas histórias, exemplos, exercícios, perguntas para reflexão, planilhas e tarefas que ajudarão o leitor a aprender baseando-se em seus próprios insights. Para quem deseja ser um líder movido por fatores internos, que motiva as pessoas à volta e desenvolve uma vida profissional plena, O processo da mudança profunda é leitura obrigatória.

O processo decisório nas organizações

O processo decisório nas organizações

Eduardo Picanço Cruz et alii

Ed. IBPEX

A partir da demonstração de conceitos, os autores abordam os elementos controláveis e não controláveis do processo decisório e relembram os maiores estrategistas do Período Clássico. Além disso, é discutido o papel do cérebro humano e seus neuroquímicos no processo decisório. O objetivo é estimular o leitor a formular novas reflexões sobre o assunto.

O que importa agora:  como construir empresas à prova de fracassos

O que importa agora: como construir empresas à prova de fracassos

Gary Hamel

Ed. Campus

Este livro procura fornecer uma visão criativa das ameaças e oportunidades do século XXI. Apresenta fatores críticos de sucesso - basear-se em valores, inovar e adaptar-se com rapidez principalmente em ambientes em transformação e apaixonar-se pela liderança de pessoas, deixando de lado as técnicas de gestão tradicionais. O autor visa focalizar o lado humano da liderança, em lugar das habilidades convencionais. Fornece conceitos e ideias de negócios, entre os quais - criatividade, inovação, liderança, estratégia, globalização, meios de comunicação social, concorrência, políticas públicas; e mostra como elas estão interligadas.

O valor de nada: Por que tudo custa mais caro do que pensamos

O valor de nada: Por que tudo custa mais caro do que pensamos

Raj Patel

Ed. Zahar

Este livro busca revelar o preço que a sociedade paga pelo que consome, e demonstrar as consequências da propagada sobre liberdade de consumo.

Obrigado pela informação que você não me deu!

Obrigado pela informação que você não me deu!

Normann Kestenbaum

Ed. Campus

A qualidade da informação e a clareza de raciocínio podem determinar o sucesso ou fracasso de um negócio ou de uma idéia. Com vasta experiência no assunto, Normann Kestenbaum nos ensina o quanto uma boa gestão deve estar atenta aos problemas que acometem todos os executivos na atualidade - o excesso de informação, a falta de tempo e a dispersão típica da atual geração multitarefa. Normann ensina do que é feita uma apresentação que possa ser compreendida por todos, sem exceção e, sobretudo, que atinja os seus objetivos iniciais. Para tanto, o autor coloca o PowerPoint em seu devido lugar, como um simples veículo para transportar um conteúdo de qualidade e de idéias frutos de raciocínio.

Olhe mais além: uma abordagem comprovada sobre inovação, crescimento e mudança

Olhe mais além: uma abordagem comprovada sobre inovação, crescimento e mudança

Andy Stefanovich

Ed. DVS

Na obra, o autor mostra que a verdadeira inovação é uma disciplina que deve ser incorporada às organizações, negando a ideia difundida de que se trata de um surto de criatividade ou de apenas insights eventuais. "Olhe Mais Além" mostra como o leitor pode cultivar e canalizar a inspiração se pensar de maneira diferente - e estimular outras pessoas a ter a mesma atitude. Concebido para ser um guia individual e organizacional de orientação prática, o livro enfatiza a etapa inicial do ciclo formado por inspiração, criatividade e inovação. Fundamentado em cinco princípios que desatrelam e desencadeiam a criatividade dentro das organizações, "Olhe Mais Além" explora: - A atmosfera (MOOD): As atitudes, os sentimentos e as emoções que criam o contexto para a inspiração e a criatividade. - A mentalidade: O alicerce intelectual e a capacidade inerente que cada um de nós tem para se inspirar e pensar de maneira diferente. - Os mecanismos: A utilização das ferramentas e dos processos de criatividade. - A mensuração: O desempenho qualitativo e quantitativo e a orientação para oferecer um feedback crítico. - O momentum: A defesa e a celebração contínuas da inspiração e da criatividade para gerar um ciclo autorreforçador que germina a inovação. Em conjunto, esses cinco pilares - originalmente chamados de cinco Ms - podem funcionar como uma ferramenta de diagnóstico e um guia para inspirar indivíduos, envolver e capacitar equipes e transformar organizações para que se tornem verdadeiros modelos de inovação.

Organizações exponenciais: por que elas são 10 vezes melhores, mais rápidas e mais baratas que a sua (e o que fazer a respeito)

Organizações exponenciais: por que elas são 10 vezes melhores, mais rápidas e mais baratas que a sua (e o que fazer a respeito)

Salim Ismail, Michael S. Malone e Yuri van Geest

Ed. HSM

Nenhuma empresa poderá acompanhar o ritmo de crescimento definido pelas organizações exponenciais, se não estiverem dispostas a realizar algo radicalmente novo - uma nova visão da organização que seja tão tecnologicamente inteligente, adaptável e abrangente quanto o novo mundo em que vai operar - e, no final de tudo, transformar. Os autores pesquisaram exaustivamente os padrões das empresas exponenciais mais importantes do mundo nos últimos seis anos, tais como Waze, Tesla, Airbnb, Uber, Xiaomi, Netflix, Valve, Google (Ventures), GitHub, Quirky e 60 outras empresas, incluindo empresas de sucesso, como GE, Haier, Coca Cola, Amazon, Citibank e ING Bank e entrevistaram mais de 70 líderes globais e pensadores, para trazer uma nova e ampla visão sobre as tendências organizacionais e tecnológicas essenciais, que podem ser aplicadas nas startups, empresas de médio porte e nas grandes organizações.

Os 100 melhores livros de negócios de todos os tempos

Os 100 melhores livros de negócios de todos os tempos

Todd Sattersten e Jack Covert

Ed. Campus

Este livro busca ser uma referência ao leitor que deseja se aprofundar no mundo do business. As leituras indicadas neste livro estão divididas em 20 capítulos, organizados por categorias como - Estratégia; Liderança; Vendas e Marketing, além de biografias e ideias. Além de leituras "técnicas" o livro indica filmes, clássicos da literatura e livros infantis que podem render "insights" relevantes.

Os filmes que todo gerente deve ver: aprenda nos cinemas o que você precisa saber sobre gestão

Os filmes que todo gerente deve ver: aprenda nos cinemas o que você precisa saber sobre gestão

Marco A. Oliveira e Pedro Grawunder

Ed. Saraiva

Nesta obra, os autores pretendem analisar filmes a fim de proporcionar aos gestores uma reflexão sobre o próprio papel no ambiente de trabalho, sejam eles altos executivos ou empreendedores autônomos. Os autores procuram abordar assuntos como - liderança, negociação, motivação, trabalho em equipe, entre outros tópicos da função gerencial buscando trazer aos leitores maneiras de ver questões do cotidiano do trabalho e, como consequência, oferecer um repertório maior de como lidar com tais questões que todo gerente deve saber.

Os maus hábitos das boas empresas e como fugir deles

Os maus hábitos das boas empresas e como fugir deles

Jagdish N. Sheth

Ed. Bookman

Professor de marketing e palestrante requisitado, Jagdish Sheth avalia nesses livro as razões que levam boas empresas ao fracasso. O autor mergulhou na história de empresas que um dia foram grandes para constatar que sete são os principais hábitos autodestrutivos que podem nocautear uma organização.

Os segredos das empresas mais queridas

Os segredos das empresas mais queridas

Jagdish N. Sheth e Rajendra S. Sisodia

Ed. Bookman

As empresas bem-sucedidas de hoje são aquelas que levam em consideração todos os públicos de interesse - clientes, empregados, fornecedores, parceiros da cadeia de suprimentos, comunidades de atuação e investidores. Os autores mostram nesta obra que as empresas que fazem o bem ao mesmo tempo em que fazem bem as suas coisas conquistam cada vez mais espaço com os consumidores. Este é um texto sobre liderança e sobre a cultura que os líderes das empresas mais queridas nutrem e desenvolvem.

Peça por peça: Como a Lego redefiniu o conceito de inovação e recriou a indústria mundial de brinquedos

Peça por peça: Como a Lego redefiniu o conceito de inovação e recriou a indústria mundial de brinquedos

David C. Robertson e Bill Breen

Ed. Campus

"Peça por peça" nos leva para dentro da Lego que nunca vimos, lançando luz sobre a disciplina da empresa para estimular a criatividade e recordando uma das mais notáveis transformações empresariais da história recente. "Peça por peça" revela a abordagem do Grupo Lego à inovação cotidiana e mostra como essa inovação pode ajudar os líderes empresariais a solucionar os paradoxos aparentemente inconciliáveis enfrentados por todas as organizações, tais como - como conceder às pessoas espaço para inovar sem perder o foco?; Como conferir autonomia sem perder a responsabilidade?; Como apresentar resultados no curto prazo sem deixar de pensar a longo prazo?; Acima de tudo, como trabalhar dentro dos limites da ortodoxia empresarial e ao mesmo tempo esclarecer um plano sólido para o crescimento contínuo? Em outras palavras, como inovar dentro da caixa? Ao administrar habilmente essas tensões contraditórias, a Lego aprendeu, mesmo nos tempos mais difíceis, a criar produtos inovadores de maneira constante e a construir uma cultura em que a inovação rentável prospera.

Planejamento por cenários prospectivos

Planejamento por cenários prospectivos

Gilberto de Oliveira Moritz, Mariana Oliveira Moritz e Maurício Fernandes Pereira

Ed. Atlas

Leitura complementar para os cursos de graduação e de pós-graduação em Administração, Economia, Ciências Contábeis e Engenharias. Obra de relevante interesse fundamentalmente para profissionais, indivíduos e organizações que queiram aprender na prática a metodologia de análise e construção de cenários futuros.

Planejando cenários: um guia prático para se preparar para o futuro do seu negócio

Planejando cenários: um guia prático para se preparar para o futuro do seu negócio

Woody Wade

Ed. Saraiva

Este livro coloca algumas questões sobre o que poderá acontecer e apresenta um método de planejamento que traz mudanças e oportunidades possíveis de se materializar, mostrando como maximizar a flexibilidade para competir em diferentes panoramas que possam surgir e se preparando não apenas para o futuro, mas para vários cenários possíveis. É um guia que apresenta como olhar para sua empresa, utilizando perguntas que propiciam reflexão sobre as consequências possíveis das tendências atuais (e do futuro possível), além de orientar tomadores de decisão a prever oportunidades e ameaças que possam surgir além do planejamento convencional. Além disso, este livro vai auxiliar você a - - mapear quaisquer tendências que possam mudar os panoramas político, social e econômico, exercendo impacto significativo sobre sua empresa; - explorar o impacto dos avanços tecnológicos e dos novos competidores; - examinar desafios que sejam vagamente reconhecíveis como problemas potenciais nos dias de hoje. Com formato bastante visual, esta obra vai ajudar você a responder à pergunta - Minha organização está pronta para todas as possibilidades?

Por quê?: Como grandes líderes inspiram ação

Por quê?: Como grandes líderes inspiram ação

Simon Sinek

Ed. Saraiva

Esta obra procura refletir sobre algumas questões como - por que algumas pessoas e organizações são mais inovadoras, mais influentes e mais rentáveis do que outras; por que algumas conseguem maior fidelidade tanto dos clientes quanto dos colaboradores; mesmo entre as bem-sucedidas, por que tão poucas são capazes de repetir o sucesso várias vezes, entre outras. Veja a palestra no TED em: http://www.ted.com/talks/lang/pt/
simon_sinek_how_great_leaders_inspire_action.html
.

Por que as pessoas de negócios falam como idiotas: um guia de combate à embromação

Por que as pessoas de negócios falam como idiotas: um guia de combate à embromação

Brian Figere e Chelsea Hardaway

Ed. Best Seller

Segundo os autores desse guia de combate à embromação no ambiente de trabalho, os negócios estão se afogando em conversa empolada; uma linguagem impertinente, exagerada e presunçosa invadiu e-mails, relatórios e reuniões. "Por que as pessoas de negócios falam como idiotas" oferece não apenas a chance de entender por que a habilidade da persuasão tornou-se tão imprescindível no ambiente corporativo atual, mas uma real oportunidade de se tornar uma pessoa convincente, autêntica e original que todos desejarão escutar.

Presença digital: estratégias eficazes para posicionar sua marca pessoal ou corporativa na web

Presença digital: estratégias eficazes para posicionar sua marca pessoal ou corporativa na web

Tércio Strutzel

Ed. Alta Books

Presença Digital, Marketing Digital, Marketing Online são algumas das denominações mais comuns para as ações de comunicação no ambiente da internet e, seja qual for a denominação preferida, este assunto não é um mero modismo ou uma febre passageira. Mesmo tendo apenas 20 anos de existência, a internet provocou profundas transformações em todas os aspectos da vida humana. Porém, essa transformação tão avassaladora em um período de tempo tão curto acaba se tornando uma “faca de dois gumes”. De um lado proporciona uma evolução tecnológica impressionante, mas, por outro, deixa a maioria das pessoas, profissionais, empresas e instituições um tanto atordoados com as novidades. Uma pequeníssima parcela da sociedade consegue acompanhar e se familiarizar com os conceitos e práticas inovadoras. São os chamados early-adopters, pessoas ou empresas que adotam novas tecnologias muito cedo, logo no lançamento de um produto ou serviço. Entretanto, a grande maioria passa por um misto de desconfiança, receio e confusão frente às novidades. O principal objetivo deste livro é contribuir para a instrução digital de empresas, instituições, profissionais e interessados em geral. Entender como o Marketing e a Comunicação se adequaram a este ambiente e como funcionam nestas mídias é uma tarefa imprescindível a quem deseja continuar existindo para seu público. Parece uma afirmação radicalista, mas não ter presença nos ambientes digitais já é considerado sinônimo de não ser lembrado no mundo físico.

Previsivelmente irracional: como as situações do dia-a-dia influenciam nossas decisões

Previsivelmente irracional: como as situações do dia-a-dia influenciam nossas decisões

Dan Ariely

Ed. Campus

Sabe por que é tão comum prometermos a nós mesmos que vamos fazer dieta, mas essa idéia desaparece assim que chega a sobremesa? Sabe por que nos surpreendemos comprando coisas de que não precisamos? Sabe por que continuamos com dor de cabeça depois de tomar uma aspirina de cinco centavos, mas essa mesma dor de cabeça desaparece quando a aspirina custa 50 centavos? Ao concluir leitura deste livro, o leitor saberá responder a estas e outras perguntas que têm implicações na vida particular, na vida profissional e no modo como encaramos o mundo. O livro o ajudará a repensar a fundo a forma como você e as pessoas em sua volta agem. Por meio de uma série, Dan Ariely demonstra que a nossa capacidade de raciocínio tem defeitos provocados por forças invisíveis - emoções, relatividade, expectativas, apego, normas sociais - que nos induzem a fazer escolhas "Previsivelmente Irracionais". Veja palestra do autor no TED em: www.ted.com/talks/dan_ariely_on_our_buggy_moral_code.html, www.ted.com/talks/dan_ariely_beware_conflicts_of_interest.html e www.ted.com/talks/dan_ariely_asks
_are_we_in_control_of_our_own_decisions.html
.

Processo decisório

Processo decisório

Max H. Bazerman e Don Moore

Ed. Campus

Ao nos depararmos com uma decisão, acreditamos que estamos pesando os fatos objetivamente e tomando decisões racionais, ponderadas. Na verdade, a ciência nos diz que, em situações de julgamento cuidadoso, cada indivíduo, de certa forma, é influenciado por seus próprios vieses. Baseada na pesquisa mais recente sobre decisão comportamental, a oitava edição deste livro examina o julgamento em uma série de contextos gerenciais, oferecendo percepções importantes, que podem ajudá-lo a tomar melhores decisões gerenciais. Bastante reconhecida por profissionais e acadêmicos nos campos desde finanças comportamentais até política pública, psicologia e economia, esta oitava edição do best-seller - discute as influências motivacionais e emocionais que afetam o processo decisório; Aprofunda-se na justiça e na ética envolvidas no processo decisório; Integra diversos exercícios práticos sobre decisão e exemplos que ajudarão os leitores a melhorar a qualidade de seu julgamento gerencial; Oferece dicas e técnicas sobre como tomar decisões racionais durante as negociações; Apresenta sete estratégias críticas para aprimorar a tomada de decisões. Para o psicólogo, o livro esboça uma estrutura sistemática para usar as descobertas psicológicas a fim de melhorar o julgamento. Para o economista, o livro sugere uma crítica ao modelo econômico clássico da tomada de decisões. Porém, mais do que tudo, para cada gerente ou tomador de decisões financeiras, este livro oferece um caminho claro para tomar melhores decisões.

Pull: o futuro da internet e o impacto da web semântica em seus negócios

Pull: o futuro da internet e o impacto da web semântica em seus negócios

David Siegel

Ed. Campus

Este livro descreve a era pull, em que os clientes extraem (pull) tudo o que precisam on-demand (por encomenda) - produtos, serviços, informações, conhecimentos e aconselhamento. Grande parte da base do pull chama-se web semântica, uma maneira de agrupar informações para torná-las mais úteis e reaproveitáveis. O autor analisa como está sendo construída a infraestrutura da web semântica e mostra como a Internet mudará drasticamente em um futuro próximo, com exemplos aparentemente saídos de filmes de ficção científica. Dividido em três partes, este livro mostra as definições e princípios básicos do pull, a transição do modelo push para o pull, descreve os princípios e mecanismos que mudarão o modo como as informações serão usadas nos próximos cinco a dez anos, além de analisar como os setores da economia mudarão, com base nessa perspectiva.

QI de persuasão

QI de persuasão

Kurt W. Mortensen

Ed. DVS

"QI de Persuasão" é fruto de 17 anos de pesquisa do especialista e fundador do Persuasion Institute, Kurt W. Mortensen. O livro parte de um teste que mede o Quociente de Inteligência de Persuasão (QP) do leitor, para então identificar dez habilidades essenciais de persuasão e as técnicas para desenvolver e maximizar cada uma delas.

QI estratégico: criando empresas sagazes

QI estratégico: criando empresas sagazes

John R. Wells

Ed. DVS

Este livro representa um alerta às empresas de sucesso. Cuidado! Sua firma pode já estar morta. Em um mundo constituído por mudanças, as organizações precisam constantemente adaptar suas estratégias para sobreviver, e muitas empresas consideram essa uma árdua tarefa. Em vez de se ajustarem, elas hesitam ou mantêm-se arraigadas às suas antigas estratégias até que se percebem em plena crise. E quando este ponto é atingido, uma recuperação torna-se muito difícil. Nesse momento, o destino de muitas organizações já foi selado, e seu fim se torna lento e doloroso. A habilidade de adaptação à mudança é um indicador de inteligência; então, por que as empresas demonstram um QI Estratégico tão reduzido? O que causa essa inércia e porque ela é tão mortal? A inércia é uma doença perigosa. Este livro examina as causas que a sustentam e ilustra como diagnosticá-la e curá-la antes que seja tarde demais. E, mais importante, ele descreve como se prevenir dela. John Wells ensina às empresas maneiras mais perspicazes de agir e de se obter resultados mais sustentáveis.

Que é informação?: a propagação da organização na biosfera, na simbolosfera, na tecnosfera e na econosfera

Que é informação?: a propagação da organização na biosfera, na simbolosfera, na tecnosfera e na econosfera

Robert K. Logan

Ed. Contraponto

O livro procura levar à reflexão sobre o conceito de informação, definir comunicação como ciência e mostrar qual o seu significado no mundo contemporâneo. Visa pontuar do início da palavra (Pré-história) até os dias atuais (Internet). O autor levanta a discussão de qual a relação entre informação e significado, comunicação e organização. Logan pretende tratar a evolução da palavra escrita do papiro ao livro códice e mostrar que a transmissão da informação pelo livro pode ser diferente do e-book. Busca tratar de um questionamento da atualidade o fim do livro impresso. Traz vários argumentos e defende de uma forma otimista que o livro impresso não acabará, pois a qualidade da tinta no papel é tida como incomparável - o cérebro no papel tem uma visão direta e no e-book ele precisa codificar os pontos além de interpretar o texto -, compara o e-book ao papiro e defende que o e-book atinge outros propósitos.

Quebre todas as regras

Quebre todas as regras

Marcus Buckingham e Donald O. Clifton

Ed. Sextante

Esta obra traz dicas para que o leitor consiga extrair o máximo da equipe sob seu comando. Os autores apontam resultados de pesquisas, defendendo a tese de que bons funcionários têm bons relacionamentos com seus chefes, destacando o talento e motivação. Assim, oferecem sugestões, tomando por base experiências de gestores de empresas de diversos países.

Quem está no comando?

Quem está no comando?

Ori Brafman e Rod A. Beckstrom

Ed. Campus

Quem está no comando?" defende que as organizações podem ser classificadas em duas categorias - as "aranhas" tradicionais, com uma hierarquia rígida e liderança controlada, e as "estrelas-do-mar" revolucionárias, que se baseiam nos relacionamentos poderosos entre semelhantes. A obra explora o que ocorre quando uma estrela-do-mar começa a ocupar o espaço de aranhas (como a indústria fonográfica versus Napster) e revela como empresas e instituições renomadas também estão aprendendo a incorporar princípios de estrela-do-mar para alcançar o sucesso.

Redes sociais: como empresários e executivos de vanguarda as utilizam para obtenção de resultados

Redes sociais: como empresários e executivos de vanguarda as utilizam para obtenção de resultados

Rob Cross e Robert J. Thomas

Ed. Gente

"Redes Sociais" nos negócios apresenta diversos cases de empresas, como "Procter & Gamble", "Microsoft" e "Novartis", os quais também ajudarão o leitor a implementar em suas empresas as ideias, estratégias e ações expostas no livro.

Regras de conteúdo: como criar excelentes blogs, podcasts, vídeos, e-books, webinários (e muito mais) que atraiam clientes e impulsionem seu negócios

Regras de conteúdo: como criar excelentes blogs, podcasts, vídeos, e-books, webinários (e muito mais) que atraiam clientes e impulsionem seu negócios

Ann Handley e C. C. Chapman

Ed. Alta Books

Ann Handley e C. C. Chapman procuram mostrar como utilizar todas as ferramentas existentes para criar conteúdo que realmente converse com seu público. Eles mostram como - Entender por que você está criando conteúdo chegando ao centro de sua mensagem em uma linguagem prática e fácil de entender, definindo os objetivos de sua estratégia de conteúdo; Explorar novas maneiras de integrar as palavras de busca ao seu conteúdo sem parecer algo forçado (ou técnico demais); Escrever de maneira a comunicar seu serviço, produto ou mensagem de forma poderosa em diversas mídias Web; Desenvolver um cronograma de publicação que permita a você criar diferentes tipos de conteúdo de uma vez. Com exemplos de empresas que usam o conteúdo de maneira eficaz e numa variedade de atividades, além de explicações fascinantes de como você pode abordar sua própria estratégia de conteúdo, esta obra é um guia para você criar sua história, encontrar o equilíbrio entre humor e humanidade em seu conteúdo e construir um portfólio de valor que promoverá resultados a longo prazo. Como uma empresa supera o "papo-corporativo" e se torna uma criadora de conteúdo na web? De que modo você sabe o que dizer? Como pode criar histórias, vídeos e posts de blog que as pessoas irão adorar? Como pode cultivar fãs e aumentar sua devoção? Como pode energizar o seu negócio? Como sabe que está funcionando?

Ressonância: apresente histórias visuais que encantem o público

Ressonância: apresente histórias visuais que encantem o público

Nancy Duarte

Ed. Alta Books

Apresentações são destinadas a informar, inspirar e persuadir o público. Então por que tantas plateias voltam para casa se sentindo como se tivessem perdido o seu tempo? Muitas vezes as apresentações não ressoam com o público e não o movem para a ação transformadora. Assim como o primeiro livro da autora ajudou apresentadores a se tornarem comunicadores visuais, Ressonância ajuda você a fazer uma forte ligação com o seu público e levá-los a ação. A abordagem da autora é simples: construir uma apresentação hoje é um pouco como a escrita de um documentário. Usando essa abordagem, você vai transmitir o seu conteúdo com paixão, persuasão e impacto. Descobriremos como compreender a plateia, criar conteúdo persuasivo e obter resposta do público. Com Ressonância será possível: Tirar proveito das estruturas ocultas nas histórias que fazem parte da boa comunicação; Conectar-se empaticamente com o seu público; Criar um conteúdo cativante; Formular ideias que se repetem; Inspirar entusiasmo e adesão ao seu ponto de vista. A palestra da autora no TED: www.ted.com/talks/nancy_duarte
_the_secret_structure_of_great_talks.html
.

Rumo à solução: como transformar o conflito em  colaboração

Rumo à solução: como transformar o conflito em colaboração

Stewart Levine

Ed. Campus

Este livro pretende mudar a ideia que o leitor tem de conflitos, fornecendo um modelo de acordo e solução para desenvolver a habilidade de ajudar pessoas a criar colaborações sustentáveis, inspirá-lo a desenvolver uma nova perspectiva ante o conflito, lidar com um quadro mental de solução, promover uma cultura baseada em princípios e práticas de solução e acordo, além de habilitá-lo a assumir uma responsabilidade pessoal para lidar com conflitos, diversidade e desacordo.

Sabedoria radical: rompendo as barreiras do senso comum

Sabedoria radical: rompendo as barreiras do senso comum

Wes Nisker

Ed. Cultrix

"Sabedoria Radical" apresenta as ideias mais significativas, surpreendentes e instigantes da história. Neste best-seller clássico, Nisker reúne os ensinamentos radicais de visionários excêntricos como Albert Einstein, Rumi, Mark Twain, Buda e Lao-tsé. Descubra o fio comum a essas múltiplas perspectivas e faça uma viagem bem-humorada rumo à iluminação!

Safári de estratégia

Safári de estratégia

Henry Mintzberg, Bruce Ahlstrand e Joseph Lampel

Ed. Bookman

Na obra "Safári de estratégia", os autores apresentam uma visão critica das contribuições e limitações das dez escolas do planejamento estratégico. Sumário - 1. "E aqui, senhoras e senhores, a fera da administração estratégica"; 2. A Escola do Design - a formação de estratégia como um processo de concepção; 3. A Escola de Planejamento - a formação de estratégia como um processo formal; 4. A Escola de Posicionamento - a formação de estratégia como um processo analítico; 5. A Escola Empreendedora - a formação de estratégia como um processo visionário; 6. A Escola Cognitiva - a formação de estratégia como processo mental; 7. A Escola de Aprendizado - a formação de estratégia como um processo emergente; 8. A Escola de Poder - a formulação de estratégia como um processo de negociação; 9. A Escola Cultural - a formulação de estratégia como um processo coletivo; 10. A Escola Ambiental - a formação de estratégia como um processo reativo; 11. A Escola de Configuração - a formulação de estratégia como um processo de transformação; Capítulo 12. "Senhoras e senhores, segurem-se; vocês ainda têm de conhecer a fera inteira".

Satisfação garantida: no caminho do lucro e da paixão

Satisfação garantida: no caminho do lucro e da paixão

Tony Hsieh

Ed. Thomas Nelson Brasil

Neste livro, o autor defende que o atendimento ao consumidor é de responsabilidade de toda a empresa e não apenas de um departamento, e que é necessário focar na cultura da empresa como prioridade; aplicar a filosofia da felicidade para administrar um negócio, ajudar os funcionários a crescer pessoal e profissionalmente e lutar para mudar o mundo e ganhar dinheiro também. Tony Hsieh mostra em "Satisfação garantida" como mudou seus negócios apostando em uma nova cultura corporativa.

Seis regras simples: como gerenciar a complexidade sem se complicar

Seis regras simples: como gerenciar a complexidade sem se complicar

Yves Morieux e Peter Tollman

Ed. HSM

Em um mundo cada vez mais complexo, muitas empresas passam mais tempo tentando sobreviver a essa complexidade do que aprimorando a execução ou definindo a estratégia. Para os autores porém, em vez de ficar tentando gerir a complexidade, melhor deixar que as pessoas trabalhem juntas e usem a própria inteligência para enfrentar os desafios que surgem em seu dia a dia. Este livro apresenta seis métodos comprovados - seis regras simples - para mobilizar as pessoas sem impor a elas novos processos, estruturas ou hierarquias. O resultado pode ser comprovado diretamente no desempenho e nos resultados das empresas.

Simplesmente eficaz: como driblar a complexidade na sua organização e concluir tarefas em tempo hábil

Simplesmente eficaz: como driblar a complexidade na sua organização e concluir tarefas em tempo hábil

Ron Ashkenas

Ed. DVS

Impulsione resultados simplificando sua forma de fazer negócios A eficácia e a produtividade no trabalho se tornaram tão essenciais que muitos gerentes têm a sensação de estarem trabalhando mais e concretizando menos tarefas. Não é para menos. São tantas reuniões, relatórios, e-mails e mensagens de voz, processos demorados e hierarquias confusas para tomada de decisões, que fica difícil concretizar qualquer trabalho. Para piorar, os próprios gerentes inadvertidamente geram grande parte da complexidade que impede sua eficácia cotidiana e isso coloca em risco suas organizações e suas carreiras. Ron Ashkenas acredita que é possível retomar o controle dos seus negócios, da sua carga de trabalho e do seu resultado final. Para tanto, é preciso simplificar a maneira de executar o trabalho. Mas simplificar não significa apenas adotar operações simplificadas estamos falando de uma mentalidade e de uma cultura que precisam permear a organização inteira. Em Simplesmente Eficaz, Ashkenas identifica as quatro principais maneiras com que a complexidade se instaura em organizações: (1) mudanças de projeto mecânicas e não orgânicas, (2) crescimento desmedido de produtos e serviços. (3) processos que evoluem e ficam impraticáveis e (4) comportamentos gerenciais que geram confusão. Depois, ele apresenta um roteiro para criar uma estratégia de simplificação integrada e personalizada visando desfazer os impasses na complexidade da sua organização. Com base em quase trinta anos de experiência em consultoria, ilustrada por exemplos claros em empresas como a ConAgra Foods, a General Electric, a Zurich Financial Services e a Johnson & Johnson, Simplesmente Eficaz oferece dicas, ferramentas e estratégias para ajudar a: • Identificar as áreas específicas em que a complexidade está impedindo o crescimento da sua organização. • Desierarquizar e consolidar estruturas organizacionais e focar o principal. • Cortar linhas de produtos e serviços supérfluos e fazer parcerias com fornecedores e clientes. • Priorizar a estratégia, definir metas claras e esclarecer comunicações. • Tomar providências imediatas para simplificar sua carga de trabalho pessoal junto à sua equipe ou departamento. Um recurso essencial na era atual, tão marcada pela complexidade, Simplesmente Eficaz deve ser leitura obrigatória para todos os integrantes da sua equipe de gerenciamento. RON ASHKENAS é parceiro gerencial da Robert H. Schaffer & Associates, onde atua como consultor de CEOs e altos executivos sobre liderança, transformação organizacional e integração pós-fusão. Ele é coautor de The Boundaryless Organization, O Work-Out da GE e Rapid Results.

Sistemas colaborativos

Sistemas colaborativos

Hugo Fuks e Mariano Pimentel

Ed. Campus

Neste livro, os conteúdos sobre sistemas colaborativos estão organizados de forma disciplinar. São analisados os sistemas que dão suporte ao trabalho em grupo, tais como redes sociais, sistemas de comunicação, ambientes virtuais colaborativos. São discutidos os aspectos sociais relacionados ao uso e também os aspectos técnicos relacionados ao desenvolvimento dos sistemas colaborativos. O objetivo educacional do livro é promover a competência em analisar e projetar sistemas colaborativos para o trabalho e a interação na sociedade conectada.

Sua estratégia precisa de uma estratégia: como eleger e colocar em prática a melhor abordagem

Sua estratégia precisa de uma estratégia: como eleger e colocar em prática a melhor abordagem

Martin Reeves, Knut Haanaes e Janmejaya Sinha

Ed. DVS

Você acredita que possui uma estratégia vencedora. Tem certeza? Os executivos são constantemente bombardeados por ideias “recordes de vendas” e conceitos de “melhores práticas” a fim de obterem vantagem competitiva. Todavia, muitas dessas sugestões e ações contradizem-se umas às outras. Você deve almejar ser grande ou rápido? Deve criar um oceano azul, ser adaptável, jogar para vencer ou descartar completamente uma vantagem competitiva sustentável? Em um ambiente de negócios que está em constante mudança e, quase que da noite para o dia, tornando-se cada vez mais incerto e complexo, nunca foi tão importante – ou tão difícil – escolher a abordagem correta no que diz respeito à estratégia adotada. Neste livro, Martin Reeves, Knut Haanæs e Janmejaya Sinha do The Boston Consulting Group apresentam um método comprovado para determinar a melhor abordagem estratégica para sua companhia. Eles começam por ajudar você, leitor, a avaliar corretamente seu ambiente de negócios – o quanto imprevisível e adverso ele é e quanto poder você tem para alterá-lo –, um fator crítico para a obtenção da estratégia correta. Eles mostram como as abordagens estratégicas existentes se dividem em cinco categorias – seja grande, seja rápido, seja o primeiro, seja o maestro ou, simplesmente, seja viável –, dependendo dos graus de previsibilidade, flexibilidade e adversidade dos cenários empresariais. A explicação detalhada de cada uma delas fornecerá uma visão crítica que o ajudará a: (1) selecionar a abordagem estratégica mais adequada para seu ambiente, (2) determinar quando e como colocá-la em prática e (3) evitar uma divergência potencialmente fatal. Ao lidar com seus desafios estratégicos mais urgentes você será capaz de responder questões como: O que substitui o planejamento quando o ciclo anual se torna obsoleto? Quando podemos – e devemos – virar a mesa a nosso favor? De que maneira é possível implementar, simultaneamente, abordagens estratégicas diferentes para unidades de negócios distintas? Ao formularmos e colocarmos em prática estratégias diversificadas para múltiplos negócios e em vários países, de que modo podemos lidar com contradições básicas entre eles? Até o presente momento, nenhum outro livro reuniu tudo isso num só lugar e ofereceu uma ferramenta prática que tornasse possível para o leitor identificar qual a melhor abordagem estratégica para o seu caso – e ainda aplicá-la.

TED talks: o guia oficial do TED para falar em público

TED talks: o guia oficial do TED para falar em público

Chris Anderson

Ed. Intrínseca

Palestras perfeitas, inspiradoras e de grande alcance. Um orador que sobe no palco e acerta no alvo. Assim são as Conferências TED, e esse é o guia definitivo do TED para que você também possa fazer palestras inesquecíveis. Desde que assumiu o comando do TED em 2001, Chris Anderson tem mostrado o poder que as palestras curtas, francas e cuidadosamente elaboradas do programa têm de compartilhar conhecimento, despertar empatia, gerar empolgação e promover sonhos. Feita da maneira certa, uma apresentação é capaz de eletrizar um auditório e transformar a visão de mundo da plateia - seu impacto pode ser mais poderoso que o de qualquer informação escrita. Esse livro explica como alcançar o feito de produzir uma fala marcante. Não há uma fórmula, já que nenhum discurso deve ser igual a outro. Contudo, existem ferramentas que podem garantir o desempenho de qualquer orador. Nos bastidores do TED, Chris Anderson acompanhou de perto palestras individuais que, in loco e on-line, chegam a alcançar milhões de pessoas. Discursos únicos, sobre os mais variados temas, de personagens que vão de Bill Gates a Bono Vox, Stephen Hawking a Michelle Obama, Elon Musk a Jamie Oliver, entre muitos outros. Nesse livro ele compartilha seus insights mais relevantes, que cobrem desde a formulação do conteúdo da conferência até como tirar melhor proveito do palco. TED Talks é o manual definitivo do século XXI para uma comunicação de fato efetiva, além de leitura obrigatória para todos que querem mudar o mundo com suas ideias.

TED: Falar convencer, emocionar

TED: Falar convencer, emocionar

Carmine Gallo e Cristina Yamagami

Ed. Saraiva

Grandes ideias merecem ser compartilhadas. Com essa filosofia, as palestras TED se tornaram mundialmente conhecidas por sua qualidade e alcance. Em "TED - falar, convencer, emocionar", Carmine Gallo revela as técnicas utilizadas por grandes oradores para conquistar plateias e vencer o medo de falar em público. Para entender como são feitas as melhores apresentações, Gallo analisou centenas de vídeos de palestrantes prestigiados, como Steve Jobs, Bono Vox, Stephen Hawking e Bill Clinton, além de entrevistar importantes pesquisadores das áreas de comunicação, neurociência e psicologia. A partir disso, o autor desenvolveu um método que possibilita a qualquer um ser capaz de idealizar, estruturar e apresentar uma palestra no melhor estilo do TED - envolvente e memorável. Veja o site do TED em www.ted.com.

Tempo de pensar fora da caixa

Tempo de pensar fora da caixa

Ricardo Neves

Ed. Campus

As reflexões e análises desenvolvidas e apresentadas pelo autor neste livro alinham questões para as pessoas que procuram se libertar do aprisionamento de modelos mentais que exauriram suas possibilidades. "Tempo de pensar fora da caixa" pretende ajudar os líderes e aqueles que estão despontando a amadurecer algumas das questões do século 21.

Think: por que não tomar decisões num piscar de olhos

Think: por que não tomar decisões num piscar de olhos

Michael R. Legault

Ed. Best-Seller

Na era do imediatismo, louvam-se quem toma decisões rápidas, num piscar de olhos. Agir sem pensar, no entanto, tornou-se uma regra perigosa, como mostra Michael R. Legault nesta obra instigante. Em "Think! - Por que não tomar decisões num piscar de olhos" o autor afirma a importância da reflexão na tomada de decisões e demonstra o quanto ações impensadas e sem reflexão são maléficas. Ao contrário do que prega Malcom Gladwell em seu Blink, Legault defende em Think que não se tomem decisões sem conhecimento factual ou análise crítica.

Tomada de decisão nas organizações: uma visão multidisciplinar

Tomada de decisão nas organizações: uma visão multidisciplinar

Abraham Sin Oih Yu

Ed. Saraiva

Este livro propõe-se a desvendar os elementos comuns a toda decisão, bem como as estratégias e ferramentas que podem ser personalizadas de acordo com as condições peculiares de cada realidade. A obra pretende traduzir as pesquisas na área de tomada de decisão para que sejam aplicadas no dia a dia das organizações.

Touch points: criando conexões poderosas a cada momento

Touch points: criando conexões poderosas a cada momento

Douglas Conant e Mette Norgaard

Ed. Bookman

Os autores procuram apresentar o conceito dos "pontos de contato" e explicar como urgências, interrupções e as centenas de interações no dia de um líder podem ser o melhor meio para influenciar, orientar, inspirar e moldar o curso dos acontecimentos. A obra mostra como o impacto de tais interações e a liderança nos mínimos momentos contribuem para a verdadeira mudança, capaz de reverter um projeto, ou até mesmo uma equipe, na era da interrupção.

Um novo jeito de trabalhar: para ser uma das empresas mais criativas e bem-sucedidas do mundo

Um novo jeito de trabalhar: para ser uma das empresas mais criativas e bem-sucedidas do mundo

Laszlo Bock

Ed. Sextante

Um novo jeito de trabalhar apresenta os bastidores da gigante do Vale do Silício, compartilhando detalhes sobre os processos de recrutamento e seleção, a importância da cultura e as ferramentas de gestão e avaliação de pessoas. Também revela por que o Google é eleito ano após ano um dos melhores lugares para se trabalhar. Repleto de exemplos de ações que melhoraram o desempenho e a satisfação dos funcionários, o livro apresenta princípios claros que podem ser colocados em prática, não importa se sua equipe tem uma ou milhares de pessoas. Conheça alguns deles: - Contrate apenas pessoas melhores que você em alguma coisa, não importa quanto tempo isso leve. - Não confie somente no instinto: use dados para prever e moldar o futuro. - Faça da transparência o padrão e esteja aberto para receber feedback. - Aprenda com os melhores funcionários - e também com os piores. - Tire o poder dos gerentes e confie em seu pessoal. - Se você estiver confortável com a liberdade que deu a seus funcionários, não deve ter dado liberdade o bastante.

Vantagem invisível: como os intangíveis conduzem o desempenho da empresa

Vantagem invisível: como os intangíveis conduzem o desempenho da empresa

Jonathan Low e Pam Cohen Kalafut

Ed. Bookman

O livro está dividido em três partes - Parte um - A economia de inatingíveis, que compreende os seguintes tópicos - Vantagem invisível; A origem da "economia de inatingíveis"; Decodificando a economia de inatingíveis. Parte dois - Os doze inatingíveis que conduzem o desempenho, que traz - Administrando inatingíveis - uma visão geral; Liderança; Execução de estratégia; Comunicação de transparência; Força de marca; Reputação; Redes e aliança; Por dentro da empresa - Tecnologia e processos, Capital humano, Organização e cultura do ambiente de trabalho, Inovação, Capital intelectual, Adaptabilidade. O terceiro capítulo, intitulado Juntando tudo, traz o capítulo - Administrando os inatingíveis de sua empresa.

Vencedoras por opção: incerteza, caos e acaso – por que algumas empresas prosperam apesar de tudo

Vencedoras por opção: incerteza, caos e acaso – por que algumas empresas prosperam apesar de tudo

Jim Collins e Norten T. Hansen

Ed. Campus

Este livro busca enumerar princípios para construir uma empresa de sucesso em tempos tidos como imprevisíveis e tumultuados. Os autores procuraram estudar companhias que alcançaram sucesso em cenários caracterizados por mudanças bruscas em que os gestores não podiam prever nem controlar. Depois, pretenderam comparar o desempenho dessas empresas com o de outras que não tiveram sucesso neste mesmo mercado. A obra visa apresentar estes resultados, tais como o estilo dos líderes das empresas de sucesso, inovação, o problema em seguir com velocidade decisões e ações.

Visualize isto: O guia do FlowingData para design, visualização e estatística

Visualize isto: O guia do FlowingData para design, visualização e estatística

Nathan Yau

Ed. Alta Books

Dados não são novidade. As pessoas têm quantificado e tabulado coisas há séculos. Melhorias na tecnologia tornaram extremamente fácil a coleta e o armazenamento de dados, e a internet permite o acesso a eles a qualquer momento. Esta riqueza de informações pode, em mãos corretas, ajudar na melhoria da tomada de decisões, expressar ideias mais claramente e fornecer uma forma mais objetiva de como enxergar o mundo e a si mesmo. Uma das maneiras mais eficazes de explorar e tentar entender um grande conjunto de dados é, segundo o autor, a visualização. Neste livro o leitor pode aprender a - apresentar dados com representações visuais que permitam ao público ver o inesperado; explorar diferentes fontes de dados e definir formatos eficazes para apresentação; experimentar e comparar diferentes ferramentas de visualização; estabelecer objetivos claros para guiar suas visualizações; dentre outros.

Vivendo com não elefantes: quando simplificar demais pode complicar a vida das empresas

Vivendo com não elefantes: quando simplificar demais pode complicar a vida das empresas

Yves Moyen

Ed. Virgiliae

O mundo corporativo é cheio de armadilhas, uma delas é a tentativa de encarar tudo numa apresentação de PowerPoint. Sim, é preciso simplificar as situações para facilitar o entendimento e comunicação, mas muitas vezes o efeito é nefasto, acabam-se montando planos e estratégias ignorando a complexidade inerente da vida humana e empresarial. Nesta obra repleta de casos de sucesso e insucesso o autor apresenta o interessante conceito do DNA empresarial: Ideologia + Energia (Paixão e Ambição) + Valor (Inovação e Execução) + Ética. Mas se você quer saber o que são os não-elefantes, calma, apenas um jeito de alguns físicos falarem sobre a excessiva e incorreta simplificação do mundo. Com apêndice prático sobre o que fazer na próxima segunda pela manhã, além de um apanhado rico sobre a história do pensamento humano e das teorias de administração, este livro é um manual de para gestores.

Você é inteligente o bastante para trabalhar no Google?

Você é inteligente o bastante para trabalhar no Google?

William Poundstone

Ed. Zahar

Todo mundo que passou pelo processo seletivo de uma grande empresa ou multinacional sabe como são ardilosas as perguntas das entrevistas. Como você pesaria a sua cabeça? O que faria se fosse reduzido ao tamanho de uma moeda e jogado em um liquidificador que será ligado em sessenta segundos? William Poundstone usa como referência o Google para explicar e solucionar dezenas dessas questões desafiadoras. Leitura obrigatória e divertida para todos os interessados em desafiar a sua capacidade de raciocínio e desenvolver o pensamento criativo.

Você é o que você compartilha: E-agora como aproveitar as oportunidades de vida e trabalho na sociedade em rede

Você é o que você compartilha: E-agora como aproveitar as oportunidades de vida e trabalho na sociedade em rede

Gil Giardelli

Ed. Gente

Nesta obra, o autor diz que a era da informação já acabou. Para ele, as pessoas vivem o tempo da participação. Para estar nesse cenário de inovação acelerada e aproveitar as oportunidades que tudo isso traz, aumentando seu valor e o valor de sua empresa e trabalho, ele pretende mostrar: Como fazer negócios no mundo colaborativo; Como aproveitar a economia criativa; As vantagens do webempreendedorismo; Como usar a sociedade em rede para aprender mais; Como fazer ativismo digital e cidadania on-line; O que é social good; O poder das conexões na criação coletiva; Como usufruir das novas possibilidades de conexão e troca.

Você é o que você escolhe: conheça e domine os seis hábitos mentais que determinam nossas decisões

Você é o que você escolhe: conheça e domine os seis hábitos mentais que determinam nossas decisões

Scott de Marchi e James T. Hamilton

Ed. Campus

Ao longo de um texto que procura ser leve e dinâmico, os autores apresentam neste livro uma teoria sobre o processo de tomada de decisões. Fundamentado em uma pesquisa que envolveu mais de trinta mil participantes, a obra diz que cada pessoa possui seis traços essenciais que configuram nossas decisões, desde o se vai almoçar até se deve sonegar o fisco. O resultado é um livro indicado para profissionais de marketing e para todos que desejam compreender o comportamento singular dos indivíduos, e não de seus grupos.

Você não é tão esperto quanto pensa

Você não é tão esperto quanto pensa

David Mcraney

Ed. Leya Brasil

Você não é tão esperto quanto pensa revela 48 mentiras que contamos a nós mesmos constantemente. Este livro busca responder questões como; Por que parece que não conseguimos romper com maus hábitos?; Por que os projetos em grupo são sempre complicados?; Por que é tão difícil superar as primeiras impressões? Cada capítulo funciona como um curso de psicologia.

Walking the talk: a cultura através do exemplo

Walking the talk: a cultura através do exemplo

Carolyn Taylor

Ed. Publit

Carolyn começa por descrever com clareza o que é cultura dentro de uma organização e nos mostra sua importância na condução da estratégia. Ao mesmo tempo, vai nos conduzindo, passo a passo, pela jornada de conceituar e implantar a Cultura adequada aos nossos objetivos. Fica clara a grande responsabilidade que nós, leitores e líderes da organização, temos nesse processo. Porque tudo será feito por gente.

YouTube e a revolução digital

YouTube e a revolução digital

Jean Burgess e Joshua Green

Ed. Aleph

O livro "YouTube e a Revolução Digital" apresenta as formas com que essa ferramenta está sendo utilizada, tanto pelo público, como pela indústria, e como isso está relacionado às transformações culturais e sociais. Os autores fazem um estudo do debate público que envolve o site, demonstrando a sua importância nas disputas por autoridade e controle no ambiente das novas mídias.